CARREIRA SEM FIM!!!


    
                                                      Foto pec 300 


Os brasileiros, ao ingressarem no mercado de trabalho são obrigados durante trinta e cinco anos de suas vidas a contribuírem com a previdência social, (com algumas exceções) para terem o direito ao chegarem na terceira idade usufruírem de uma aposentadoria justa e digna que possa proporciona conforto e tranquilidade que merecem.


O que é um simples direito garantido pela constituição federal para todos os profissionais ou não desse Brasil, para os policiais militares do maranhão que chegaram ao final de carreira é um pesadelo, isso porque se forem promovidos na véspera que completam os trinta anos de contribuição obrigatória para requererem suas reformas, terão de passar mais cinco anos na nova graduação. Alegado por leis estaduais criadas para liquidar de vez com os praças no final de suas vidas. As leis que podem beneficiar os praças para serem aplicadas é um sacrifício enorme para saírem do papel,  já as que prejudicam...
O que deveria ser um direito livre, assistido, garantido, gratuito e aplicado pelo Estado ao servidores públicos militares que durante os trinta anos de serviço prestados cumpriram com o suas obrigações e deveres, se tornou um transtorno no tempo em que eles mais precisam, isso porque o governo cria mil e um empecilhos para dificultar ou negar aplicação de lei que venham a beneficiar seus servidores no final de carreira. Como exemplo temos o CB PM Nº 502/80 Wener, lotado na 5ªcia pm independente, localizado no município de Açailândia-MA, que durante trinta anos de sua vida dedicou-se ao máximo ao cumprimento de suas obrigações na função de policial militar. Foram muitos dias de sufoco e noites inteiras sem dormir, levando em contas finais de semanas e feriados especiais como natal e ano novo, tudo isso sob o risco constante da perda da liberdade e da própria vida em nome do Estado.

Durante esses anos de trabalhos lutou para usufruir das promoções as quais tinha direito, mas mesmo estando no comportamento excepcional e preenchendo os demais requisito, esse direito era sempre negado com desculpas descabidas de que não havia vagas disponíveis.(se a corporação a décadas esta carente de efetivos, então onde foram para essas vagas) As exigências do Estado foram muitas, mas sem oferecer os meios necessário que facilitasse os cumprimentos das mesmas.

Faltado poucos dias para concluir os trinta anos de serviço, foi promovido a cabo pm, após a totalização dos trinta anos, assinou o requerimento solicitando sua transferência para a reserva remunerada. Passado dois anos afastado do serviço ativo, ele e mais outros nas mesmas situações foram surpreendidos com a convocação para retornarem imediatamente ao trabalho sob as alegações de terem que contribuir por mais cinco anos para terem o direito a reforma com o soldo de cabo pm. Art. 22. da lei complementar nº 073/ 04/02/04 CGE/MA, Não serão consideradas, para efeito de cálculo e pagamento dos proventos de aposentadoria, de transferência para a inatividade ou reforma do militar do Estado, a remuneração decorrente de promoção sobre as quais não houver contribuição previdenciária por, pelo menos, 05 (cinco) anos.

Compridos os três anos na graduação de cabo, estarão aptos a promoção de terceiro sargentos, ai são mais três anos infinito, quem sabe daqui a uns cem anos chegaram ao posto de capitão. Em quanto alguns  coronéis brigam na justiça para não irem para reserva renumerada, os praças travam batalhas para conseguirem usufruírem desse direito.
Nessa história se existe alguém que esta em falta e deixou de cumprir com seus deveres e obrigações, esse alguém é o Estado que ao longo de trinta anos negou os direitos desses servidores. Muito deles sequer conseguem chegar a cabo. Se o Estado promovesse os praças no tempo certo, eles chegariam no final da carreira no posto de capitão. Os policiais para serem promovidos, tem que disporem de todos os direitos adquiridos  e contribuídos por completo. Se uma vez promovido é porque, cumpriram todos as exigências estabelecidas, não ficando em débitos com nada. Então o Estado esta querendo cobrar duas vezes pelas mesmas contribuições, ainda de quebra eternizar os praças no serviço ativo da policia militar.

Com a criação desse novo quadro na corporação de policiais da terceira idade, que estão sendo obrigados a retornarem ao serviço ativo com os psicológicos abalados, fragilizados, humilhados, desmotivados, desorientados e fora de forma, quando forem atender uma ocorrência ao invés de socorrem os civis, vai ser os civis que vão socorrer eles. as imagens das fotos ilustra muito bem essa situação. Pelo visto os planos do governo é transformar os quarteis em museus e os policiais militares em zumbis escravizados.

Fonte:http://julhoparente.blogspot.com.br
                    

                     

Comentários

  1. UMAS DAS MELHORES MATERIAS JA PUBLICADA NO BLOG

    ResponderExcluir
  2. Que bonito eu que sou terceiro sargento e serei promovido a segundo em dezembro pelo jeito, vou acabar me aposentando como soldado pois não passei cinco anos em nenhuma graduação...Que bonito esta sim é a verdadeira lei do cão...Seria cômico se não fosse trágico...

    ResponderExcluir
  3. Infelizmente está é realidade q nos rodeia. Somado a isso, temos a diminuição não da criminalidade, não da guerra civil q o governo não quer reconhecer, mas sim da redução dos salários dos policiais militares do estado de São Paulo, como saiu no jornal do sbt, e que foram cortar as funções e gratificações dos policiais de lá. Será q tem gente do PCC lá em Brasília? KKKKKKKKKKK. Na reportagem, aparecem policias divulgando essa informação e retratando q a segurança só tende a melhorar depois dessa. O depois dessa dito anteriormente é nada mais nada menos q a pior coisa q alguém pode fazer com o trabalhador q é de reduzir seu trabalho, afirmam os policias de São Paulo. Está é a dura realidade q o sistema de segurança vem enfrentando, só pedimos as Autoridades desse Estado para não deixar com que os líderes do PCC não sejam tmb deslocados para o Maranhão, pois as retalhações de ausência do poder público de São Paulo irá acarretar sobre não somente nós policias militares, as toda sociedade (fechamento de comércios, incêndios em ônibus, assassinatos em larga escala)como retrarata os jornais

    ResponderExcluir
  4. Você está de parabéns Ebenilson, seu blog é fundamental para nossa corporação, pois vc nos bombardeia com muitas informações importantíssemas q antes não eram reveladas. Por tanto, a maior das armas é o conhecimento.

    ResponderExcluir
  5. PARABÉNS EBNILSON PELO TRABALHO QUE VÇ VEM PROPOCIONANDO PARA A SOCIEDADE MARANHENSE E, EM ESPECIAL À TODA COMUNIDADE MILITAR EM INFORMAR A TODOS NÓS O QUE VEM ACONTECENDO, NOS ORIENTANDO, DENUNCIANDO, REIVINDICANDO, NA SEGURANÇA PÚBLICA NÃO SÓ DO MARANHÃO MAIS TAMBÉM DESTE BRASIL SEM RÉDIAS, COM UM CÓDIGO PENAL ULTRASSADO E ASSIM ABRINDO BRECHAS E ESPAÇOS PARA A BANDIDAGEM CRESCER E COM ISSO AUMENTANDO A CRIMINALIDADE E INSEGURANÇA NESTE PAÍS. FAZEMOS A SEGURANÇA DA POPULAÇÃO E QUEM VAI FAZER A NOSSA? SOMOS POLICIAIS E MERECEMOS UM POUCO DE DIGNIDADE, VALORIZAÇÃO E RESPEITO POR PARTE DOS GOVERNANTES.MUDANÇA NO CÓDIGO PENAL JÁ. CABO /94 CORPO DE BOMBEIROS DO MARANHÃO.

    ResponderExcluir
  6. ESSA MATÉRIA É MUITO BOA, PENA QUE POUCOS SÃO OS QUE VÃO ENTENDÊ-LA, POIS O PIOR É QUE HÁ OS QUE QUEREM VIVER O RESTO DA VIDA NA CORPORAÇÃO, COMO É O CASO DOS QUE JÁ PEDIRAM MAIS CINCO ANOS PARA CONTINUAREM. FALO DE PRAÇAS, QUE NÃO BASTA TEREM COMCLUIDO SEUS TRINTA ANOS DE SERVIÇO COM SAÚDE, AINDA ESTÃO TENTANDO ENCONTRAREM PROBELMAS JA NO FINAL DA VIDA. TRABALHANDO EM DESTACAMENTOS, COMO UM MÍZERO SERVIÇAL DE PREFEITOS E VEREADORES.
    O CB WENER DE AÇAILANDIA É O AVESSO DISSO TUDO, POIS O QUE ELE MAIS QUER, É Ter SEU DIREITO RESPEITADO POR ESSE ESTADO QUE MASSACRA OS MILITARES.

    ResponderExcluir
  7. FIZEMOS UMA GREVE PARA AGRADA OFICIAL:

    FIZEMOS UMA GREVE PARA AGRADAR OFICIAL;O AUMENTO FOI DE 170,00 AO SD E 1.700 AO CEL; SÓ VEJO PROMOÇÃO DE OFICIAL;HOJE QUALQUER OFICIAL COM 10 ANOS DE PMMA JÁ É CAP OU MAJ; ENQUANTO QUALQUER PRAÇA COM 20 ANOS DE PMMA AINDA É SD OU CB.

    COMO PODE OS PRAÇAS SEREM PROMOVIDOS SÓ COM 18 QOA CAP??? A FILA NÃO ANDA. PRECISAMOS FAZER UMA GREVE PARA AGRADAR OS PRAÇAS E NÃO OFICIAL Q NÃO TRABALHÃO.

    ResponderExcluir
  8. Atenção, está ocorrendo uma caça as bruxas na pmma. ninguem nao pode mais falar nada seja no facebook ou comentar nesses blogs que o cmt geral ta mandando prender todo mundo. foi com ebnilson, e agora recente estao apurando uma policial que falou algumas coisas no facebook.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

O espaço de comentários do nosso blog pode tem moderação.
Não serão aceitas mensagens:

01 - Que violem qualquer norma vigente no Brasil, seja municipal, estadual ou federal;
02 - Que contenham conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;
03 - Que contenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas;
04 - Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
05 - De cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;
06 - Que caracterizem prática de spam;
07 - Anônimas ou assinadas com e-mail falso;
08 - Fora do contexto da matéria;
09 - Só poderão comentar usuários que possua conta no Google

Blog do Ebnilson agradece a compreenção de todos

Postagens mais visitadas deste blog

3º Companhia Independente da PMMA( Amarante): Conclusão das primeiras turmas do PROERD em Sítio Novo no Maranhão

2º Reunião da Comissão do governo com os militares: Principais Deliberações

INTOLERÂNCIA MILITAR