Pauta dos policiais militares e bombeiros que estão em greve

Pauta dos Militares

A comissão dos militares que estão em greve enviou ao blog a pauta de reivindicação da categoria.

Na matéria anterior o blog foi mal interpretado por algumas pessoas que fizeram críticas agressivas a nós.

Mais sempre manteremos nossa posturas, sabemos que os ânimos estão exaltados e compreendo a situação, todavia em nenhum momento falamos algo que possa ter ido de encontro ao movimento.

Quando informamos que na noite de ontem(02/04) haveria uma reunião com o Senador Joao Alberto, e uma fonte informou o conteúdo  reunião que seria a discussão da anistia, lei de promoção e código de ética, mais infelizmente fomos mal interpretado.

Dissemos que o senador tinha em pauta, e que nesses itens não constava a questão de aumento salarial. Mais claro que uma das prioridades dos militares é anistia e o reajuste salarial que com certeza a Comissão se não tivesse essas duas propostas não haveria negociação.

Jamais informamos que essa seria a proposta da Comissão dos militares. Em hipótese alguma falamos isso, mesmo por que não tínhamos ainda a pauta do “Comando de Greve”, que nos foi repassado somente agora pela manhã(02/04).

Por tanto as críticas foram injustas e gostaria que as pessoas ao repassarem a informação que leia e interprete com atenção para não distorcerem o que estamos escrevendo.

Da pauta

1)    Anistia geral e incondicional aos participantes do movimento reivindicatório, sem a qual, não avaliaremos as demais propostas;
2)    Escalonamento vertical e reajuste de no mínimo 18% incidido sobre o subsidio;
3)    Aumento do efetivo da Polícia Militar em pelo menos 5 mil novos policiais militares como indicado pela procuradoria pública;
4)    Nomeação imediata dos aprovados em concurso preparatório 2013;
5)    Carga horária de 40 horas semanais.

Da pauta apresenta no inicio da greve para esta, houve algumas inclusões como: Anistia, aumento do efetivo e nomeação dos concursando 2013.

Diante da pauta apresenta pela Comissão espera-se que o governo possa retroceder e abrir de fato um canal de negociação.

Comentários

  1. TUDO BEM, EBENILSON , EU ERA UM DOS QUE JÁ ESTAVA EXALTADO, ME DESCULPE.CUIDADO COM O QUE ELES PODEM PROPOR , FAÇAM TUDO COM A PRESENÇA DE MECANISMOS DE DIVULGAÇÃO IMPARCIAL E MEMBROS DA OAB E MP COMO TESTEMUNHAS, POIS ESSA MULHAR É MENTIROSA, QUANDO ACORDAREM ALGUMA COISA QUE FOR ACEITA PELA TROPA DE GREVE QUE NÃO TENHA NADA QUE CONTENHA ESCRAVIDÃO DE PRAZO QUE NOS TIRE DO ORÇAMENTO DE 2015, COMO ELA FEZ EM 2011, POR FAVOR, OS CARAS AÍ SÃO INTELIGENTES , APOSTAMOS NA COMISSÃO DE NEGOCIAÇÃO.
    VAMOS LÁ MEUS POLICIAIS AMIGOS AGORA VAMOS PRA CIMA MAIS AINDA, VAMOS LÁ VERDINHOS , VCS JÁ SÃO POLICIAIS MILITARES, FAÇAM PARTE DESSA LUTA!

    ResponderExcluir
  2. Muito bom Ebnilson, continue deixando a sociedade à par do andamento da grave e desmentindo esse governo incompetente.

    ResponderExcluir
  3. Força pra todos que seus direitos sejam acatados

    ResponderExcluir

Postar um comentário

O espaço de comentários do nosso blog pode tem moderação.
Não serão aceitas mensagens:

01 - Que violem qualquer norma vigente no Brasil, seja municipal, estadual ou federal;
02 - Que contenham conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;
03 - Que contenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas;
04 - Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
05 - De cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;
06 - Que caracterizem prática de spam;
07 - Anônimas ou assinadas com e-mail falso;
08 - Fora do contexto da matéria;
09 - Só poderão comentar usuários que possua conta no Google

Blog do Ebnilson agradece a compreenção de todos

Postagens mais visitadas deste blog

3º Companhia Independente da PMMA( Amarante): Conclusão das primeiras turmas do PROERD em Sítio Novo no Maranhão

INTOLERÂNCIA MILITAR

2º Reunião da Comissão do governo com os militares: Principais Deliberações