Governo define instituição que organizará concurso público na área da Segurança


SÃO LUÍS - A Fundação Getúlio Vargas (FGV) é a instituição organizadora do Concurso Público que vai ser promovido pelo Governo do Estado, este ano, para a área de Segurança Pública. Em reunião nesta sexta-feira (14), na sede FGV, no Rio de Janeiro, o secretário de Estado da Gestão e Previdência, Fábio Gondim, e o diretor da Fundação, Irapoan Cavalcanti de Lyra, fecharam os termos do contrato que será celebrado para realização do concurso. 


“Em outubro, vamos divulgar todo o cronograma de realização do concurso como o prazo de inscrição, data de realização das provas, pré-requisitos necessários para um cada um dos cargos e todo o conteúdo programático que será exigido”, revelou.

O secretário informou ainda serão duas mil vagas para soldado da Polícia Militar (PMMA), 150 para soldado do Corpo de Bombeiros (CBMMA) e 303 vagas para a Polícia Civil, distribuídas entre os cargos de delegado, agente penitenciário, auxiliar de perícia médica legal, escrivão de polícia, farmacêutico legista, investigador de polícia, médico legista, odontolegista, perito criminal e toxicolegista. O salário inicial varia de R$ 1.714,31 a R$ 12.029,87. 

“Esse é o primeiro de uma série de concursos públicos que vamos realizar para renovar e oxigenar a máquina pública estadual e, consequentemente, buscar a eficiência, agilidade, qualidade dos serviços prestados pelo Estado ao cidadão”, enfatizou. 

Segundo estudos realizados pela Segep, dos 60 mil servidores na ativa, 20 mil já estão aptos a se aposentar, preenchendo todos os requisitos (idade e tempo de serviço). Por isso, justifica Gondim: reservamos no Plano de Carreiras e Cargos dos Servidores da Administração Direta, Autárquica e Fundacional do Poder Executivo Estadual (PGCE) recursos de R$ 180 milhões para a realização de concurso público geral no Estado para o preenchimento de cerca de cinco mil vagas em áreas como segurança pública, saúde, fazenda, gestão e previdência, planejamento e orçamento e Departamento Estadual de Trânsito.

“Há bastante tempo não temos um concurso público geral no Estado. Foram feitos apenas concursos pontuais para o Magistério e Segurança Pública. Se todos esses 20 mil servidores resolvessem se aposentar teríamos o caos no Estado, a máquina pública, com certeza, emperraria”, refletiu Gondim. “Daí, a necessidade urgente de promovermos concursos públicos para a renovação e oxigenação do nosso quadro de pessoal”, concluiu. 

Fonte: http://imirante.globo.com

Comentários

  1. Só uma dúvida... Essa contratação ocorreu de forma direta? Pelo que entendi não houve processo de licitação. É um risco!

    ResponderExcluir
  2. Companheiro não sei como se deu o processo licitatório, mas é a fundação Carlos Chagas a responsavel que a meu vê é uma instituição boa e que faz uma prova sem muita complicação.

    ResponderExcluir
  3. SÓ ESPERO QUE DESTA VEZ NÃO NOS ENGANE E FAÇAM MESMO ESSE CONCURSO!!!

    ResponderExcluir
  4. VERDADE EBNILSON FOI MESMA QUE FEZ O NOSSO CONCURSO EM 2001 MUITO BOA ESSA FUNDAÇÃO

    ResponderExcluir
  5. Ebnilson, vai ser a fundação Carlos Chagas ou a fundação Getúlio Vargas que vai realizar o concurso?

    ResponderExcluir
  6. FUNDAÇÃO CARLOS CHAGAS OU FUNDAÇÃO GETÚLIO VARGAS?

    ResponderExcluir
  7. Corregindo, é a Fundação Getúlio Vargas

    ResponderExcluir
  8. Espero que realmente saia nesse próximo mes.

    ResponderExcluir
  9. Que nada...eles vão chamar mais capelães e R2...

    ResponderExcluir

Postar um comentário

O espaço de comentários do nosso blog pode tem moderação.
Não serão aceitas mensagens:

01 - Que violem qualquer norma vigente no Brasil, seja municipal, estadual ou federal;
02 - Que contenham conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;
03 - Que contenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas;
04 - Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
05 - De cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;
06 - Que caracterizem prática de spam;
07 - Anônimas ou assinadas com e-mail falso;
08 - Fora do contexto da matéria;
09 - Só poderão comentar usuários que possua conta no Google

Blog do Ebnilson agradece a compreenção de todos

Postagens mais visitadas deste blog

3º Companhia Independente da PMMA( Amarante): Conclusão das primeiras turmas do PROERD em Sítio Novo no Maranhão

INTOLERÂNCIA MILITAR

2º Reunião da Comissão do governo com os militares: Principais Deliberações