Convite aos representantes de entidades militares



Convidamos todos os  representantes de Associações militares do Estado para participarem de uma reunião com o futuro Secretário de Segurança Pública do Maranhão, Dr. Jeferson Portela, que será realizada no auditório do CIOPS da SSP-MA, às 14:30 horas desta quinta-feira(18/12).


Outrossim informamos que haverá uma reunião anteriormente com os representantes de associações, a partir das 09:00 horas na Associação dos Inativos para o fechamento da pauta que será apresentada aos Dr. Jeferson Portela.

OBS: A reunião com próximo Secretário será somente com os representantes das Associações militares. 

 
Local: CIOPS/SSP(S.Luís);

Data: 18/12;

Horário: 14:30 horas.

 
Atenciosamente

Associação dos Bombeiros do Maranhão-Sgt Jean Marry(Presidente)

Associação dos Inativos-Sgt Ebnilson(Diretor administrativo) 
 

Comentários

  1. Flávio Dino não permite que 12 coronéis se ausentem da PM por dois anos.


    O governador eleito entende que a segurança pública vive um momento crítico e a PM não pode se dar ao luxo de ficar dois anos sem 12 coronéis.
    Na Assembleia, Marcelo Tavares condenou manobra comandada pelo cel. Zanoni Porto, atual comandante da PM


    Cel. Zanoni Porto pretendia boicotar o novo governo
    O governador eleito Flávio Dino cortou as asas do atual comandante da PM, cel. Zanoni Porto e de mais 11 coronéis que estavam arrumando as malas para uma temporada de dois anos em Natal-RN. Eles iriam participar de um curso bancado pelos cofres do Estado.

    O governador entende que a PM não pode ficar sem metade de seus coronéis em um dos momentos mais críticos da segurança no Estado. Essa manobra pode ser entendida com um boicote ao próximo governo.

    Para Marcelo Tavares, futuro Chefe da Casa Civil, é preciso respeitar o bom senso. “Além dos coronéis, outros oficiais e praças também irão para o mesmo curso. Esses coronéis querem boicotar o próximo Governo, querem mostrar insubordinação ao governador eleito do Maranhão Flávio Dino”, explicou, em pronunciamento na Assembleia Legislativa, na segunda-feira(15).

    Tavares disse, ainda, que não terá nenhuma perseguição a quem quer que seja por posição política dentro da polícia, mas que não será aceito que fujam ao dever público. Segundo ele, quem tem tempo e não quer continuar servindo ao povo do Maranhão, pode ir para a reserva. "Agora, se ficar na polícia, tem que respeitar o comando de um governador eleito pelo povo”, finalizou.

    ResponderExcluir
  2. FARRA COM DINHEIRO PÚBLICO...

    É UMA VERGONHA, TODO DIA MORRENDO PM, NO INTERIOR FALTA DE TUDO NO INTERIOR. FARRA DAS TRITON NOS RALY, FARRA DOS CONTRA CHEQUE, FARRAS DAS LICITAÇÕES.

    O GOV MUDOU, ISSO NÃO SERÁ MAS PERMITIDO!!!!!!

    ResponderExcluir
  3. como Deus e bom e justo, já chega de tanta injustiça. valeu governador Flavio Dino.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

O espaço de comentários do nosso blog pode tem moderação.
Não serão aceitas mensagens:

01 - Que violem qualquer norma vigente no Brasil, seja municipal, estadual ou federal;
02 - Que contenham conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;
03 - Que contenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas;
04 - Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
05 - De cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;
06 - Que caracterizem prática de spam;
07 - Anônimas ou assinadas com e-mail falso;
08 - Fora do contexto da matéria;
09 - Só poderão comentar usuários que possua conta no Google

Blog do Ebnilson agradece a compreenção de todos

Postagens mais visitadas deste blog

3º Companhia Independente da PMMA( Amarante): Conclusão das primeiras turmas do PROERD em Sítio Novo no Maranhão

INTOLERÂNCIA MILITAR

2º Reunião da Comissão do governo com os militares: Principais Deliberações