Reflexão do dia: Atravessando o Rubicão, Alea Jacta est



Na antiguidade, na Roma republicana, havia um riacho no norte da Península Itálica, cujo, nome era Rubicão. O riacho notabilizou-se pela famosa frase do General Júlio Cesar Alea Jacta est, que significa a sorte está lançada.

A lei romana proibia qualquer general mobilizar e atravessar o rio Rubição com suas tropas. Havia o temor das autoridades romanas as manobras militares causarem na sede do poder central romano uma instabilidade política. O curso d’água marcava a divisão entre a cidade de Roma e a Província da Gália Cisalpina.

Júlio Cesar violou a lei romana proferindo referida frase Ale jacta est. Suetônio, historiador romano, disse que Cesar parecia indeciso ao se aproximar do rio, contudo sua tomada de decisão ficou por conta de uma aparição sobrenatural.

Cesar irrompeu e fez um caminho sem volta, ele tinha consciência que não havia como recuar. A sorte estava lançada. A decisão foi ariscada e irrevogável, não havia como retroceder.

O grande general seguiu em frente com sua tropa, disposto á atravessar o Rubição e fincar sua bandeira da vitória em Roma. Cesar conquistou e subjugou a República romana pela audácia, pertinência e coragem.

Assim como Júlio Cesar, às vezes temos que tomar certas decisões, mesmos que os riscos sejam iminentes. 

Uma tomada de decisão ariscada requer a coragem do general Cesar que não mensurou as consequências, todavia marchou enfrente com a certeza da vitória. O desconhecido tornou-se para Júlio Cesar o alvo da sua glória.

Com Cesar aprendemos que não se podem procrastinar as decisões da vida. Não há tempo para indecisões, atravessamos o Rubição e o exército inimigo nos aguarda para o combate. 

Como já dizia o provérbio chinês: “ Jamais se desespere em meio as sombrias aflições de sua vida, pois das nuvens mais negras cai água límpida e fecunda”. 

A vitória virá, apenas precisamos ter fé, por que ela é o firme fundamento das coisas que se esperam e convicção de fatos que não se veem, assim diz as sagradas escrituras. 

Decepções, frustrações, desmotivações, incredulidade, falta de esperança são consequências das nossas próprias inseguranças. 

Tornamo-nos incoerentes e contraditórios pelas as agruras do destino que nos sucumbi e cauteriza nossas mentes.

Somos como cristais finos que ao menor alarido se dissipa restando apenas os cacos.

Sábio não é aquele que sabe mais aquele que diz que nada sabe, já dizia Sócrates.

Restou-nos a fé e a esperança que um dia conseguiremos almejar e vê os nossos sonhos realizados.

Comentários

  1. Que coisa linda, maravilhosa... Assim é que se postam comentários em blog's censurados!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

O espaço de comentários do nosso blog pode tem moderação.
Não serão aceitas mensagens:

01 - Que violem qualquer norma vigente no Brasil, seja municipal, estadual ou federal;
02 - Que contenham conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;
03 - Que contenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas;
04 - Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
05 - De cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;
06 - Que caracterizem prática de spam;
07 - Anônimas ou assinadas com e-mail falso;
08 - Fora do contexto da matéria;
09 - Só poderão comentar usuários que possua conta no Google

Blog do Ebnilson agradece a compreenção de todos

Postagens mais visitadas deste blog

3º Companhia Independente da PMMA( Amarante): Conclusão das primeiras turmas do PROERD em Sítio Novo no Maranhão

INTOLERÂNCIA MILITAR

2º Reunião da Comissão do governo com os militares: Principais Deliberações