O FIM ESTÁ PRÓXIMO

Governo e Militares acertam os primeiros pontos do acordo para encerrar a greve


Em reunião na OAB foi criada uma comissão para negociar a crise

Às 21h - O Governo do Estado e militares deram o primeiro passo para o final da crise que está hoje no sétimo dia.


Na sede da OAB reuniram-se o senador licenciado e secretário de Projetos Especiais, João Alberto, o coronel Medeiros Filho, o presidente da OAB  - Mário Macieira, o agente civil Marcelo (Sinpol) e o soldado Leite.


A sede da Ordem dos Advogados foi escolhida por ser um local neutro. A reunião que começou às 17 horas, só foi encerrada às 19h15. Houve avanços, segundo o blog apurou tanto com o secretário João Alberto quanto com os líderes do movimento dos militares.


Uma comissão será formada com 3 representantes do movimento dos militares/civis, um representante da Ordem dos Advogados do Brasil e o Secretário João Alberto, que será o presidente.


O entrave na negociação está sendo a questão do reajuste salarial. Outros pontos já foram pacificados. Falando como representante do Governo do Estado, João Alberto acertou que não haverá transferências dos militares nem qualquer outro tipo de retaliação. Os militares também não sofrerão qualquer tipo de punição disciplinar.


Os líderes do movimento estão nesse momento passando as informações para os militares que se encontram acampados na Assembléia Legislativa.


Amanhã a comissão vai reunir novamente às 15 horas.  


Deputados apoiam os Militares


Além dos líderes dos militares, foram também para a OAB os deputados estaduais Zé Carlos da Caixa, Neto Evangelista e Bira do Pindaré. Eles não participaram da reunião.  O acordo previa somente a presença de dois líderes dos militares, além do Coronel do Exército Medeiros Filho, do Secretário João Alberto e do presidente da OAB Mário Macieira.


Já no final da reunião chegaram os deputados Marcelo Tavares e Eliziane Gama. Eles conversaram rapidamente com Bira e Neto Evangelista para se inteirarem da situação e voltaram para a Assembléia. 

Comentários

  1. Aos companheiros 2007/2010, a nossa pauta da anistia foi aceita portanto não tenham medo e não aceite quaquer tipo de retaliação ou pressão, a paralisação não terminou, temos amanhã um dos pontos mais importante que as perdas salarias, peço aos companheiros não temerem, pois estamos perto da vitória

    ResponderExcluir
  2. Deus é fiel!!! Os que confiam no Senhor são como os montes de Sião, que não se abalam, mas permanecem para sempre.

    ResponderExcluir
  3. Segunda-feira (28), apresentei um estudo da remuneração dos militares maranhenses e uma proposta de reajuste salarial para a Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros Militar do Maranhão, protocolada sob o número 20110000079664, destinada a governadora Rosena. Na reunião da OAB/MA, entreguei uma cópia da proposta, em mãos, para o Senador João Alberto que prometeu levar a governadora Roseana. Há pouco, por voltas das 23:00 horas, de hoje (29), do Palácio do Governo, tive a boa notícia de que a proposta se encontra com o Secretário de Planejamento Fábio Gondim para análise financeira.

    Segundo a proposta, a partir de fevereiro/2012, o subsídio dos militares maranhenses ficará o seguinte:

    POSTO OU GRADUAÇÃO - SUBSÍDIO
    Coronel - R$ 13.520,00
    Tenente Coronel - R$ 12.438,40
    Major - R$ 11.356,80
    Capitão - R$ 9.464,00
    Primeiro Tenente - R$ 8.788,00
    Segundo Tenente - R$ 8.112,00
    Aspirante a Oficial - R$ 7.034,40
    Cadete - R$ 4.596,80
    Subtenente - R$ 7.034,40
    Primeiro Sargento - R$ 6.219,20
    Segundo Sargento - R$ 5.408,00
    Terceiro Sargento - R$ 4.704,96
    Segundo Sargento - R$ 3.244,80
    Cabo - R$ 3.650,40
    Soldado - R$ 3.244,80


    Willians Dourado - Advogado dos PMS

    ResponderExcluir
  4. o que é que o exercito tem haver com essas reuniões, na realidade quem irá pagar é o executivo estadual, consequentemente exercito não paga estado!

    ResponderExcluir
  5. Companheiros,
    Não vamos nos afobar, o acordo ainda não está fechado e "o movimento só termina quando acabar", o que houve foi apenas um avanço nas negociações.
    Continuemos firmes e vigilantes para que não incorramos nos erros cometidos por colegas de outros Estados e ou de outras categorias que fecharam acordo sem viabilidade de serem cumpridos ou cairam em armadilhas.
    Não arredem os pés dos "acampamentos", fortaleçam o movimento e convidem os copanehiros que ainda não aderiram para fazer parte da reta final dessa revolução militar, pois temos que nos precaver das surpresas e possíveis desinlusões.

    ResponderExcluir
  6. Companheiros, não ganhamos ainda nada, portanto o movimento não acabou, vamos continuar firme na luta, esperamso que termine mas ainda não terminou. Não vamos abandonar continue firme.

    ResponderExcluir
  7. BOM DIA EBNILSON,

    ESSE PERCENTUAL DE REAJUSTE É EM CIMA DA DECISÃO DO STF ???

    ResponderExcluir
  8. continuaremos firmes mais o widevandes ta passando dos limites parece q ta pertubado pois tudo pra ele e pessoal ou seja ele ta a entender q ñ quer o reajuste salarial mais sim derrubar o cel zanone e o cel franklin pois virou pessoal para ele pois quero e o aumento salarial e a anistia..q se dane esses coroneis..podem fik ai mil anos q ñ to nem ai pra eles..

    ResponderExcluir
  9. viabilidade para honrar o acordo o governo tem, basta, diminuir a quantidade dos próprios bolsos.
    esta revolução da PMMA, não pode se conter com r$ 127,00. Enquanto, nossos representantes legislativos na surdina, aumentaram os seus em mais de 40%, não nos dobremos. Teu filho não foge à luta.

    ResponderExcluir
  10. Aui e berra do corda o sub tenente Moura chamou as mulheres dos policiais que estão participando do movimento de VAGABUNDAS,tentando ainda agredir um policial da reserva.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

O espaço de comentários do nosso blog pode tem moderação.
Não serão aceitas mensagens:

01 - Que violem qualquer norma vigente no Brasil, seja municipal, estadual ou federal;
02 - Que contenham conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;
03 - Que contenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas;
04 - Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
05 - De cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;
06 - Que caracterizem prática de spam;
07 - Anônimas ou assinadas com e-mail falso;
08 - Fora do contexto da matéria;
09 - Só poderão comentar usuários que possua conta no Google

Blog do Ebnilson agradece a compreenção de todos

Postagens mais visitadas deste blog

3º Companhia Independente da PMMA( Amarante): Conclusão das primeiras turmas do PROERD em Sítio Novo no Maranhão

INTOLERÂNCIA MILITAR

2º Reunião da Comissão do governo com os militares: Principais Deliberações