O Bicho vai pegar, Assembléia Geral dos Militares foi antecipada para ao dia 30/04



As associações militares Unidas anteciparam à Assembleia Geral dos Militares que seria no dia 01 de maio, para o dia 30/04, a partir das 18 horas, na Associação dos Inativos no bairro Angelim em São Luís.

Os diálogos com os militares pelo interior encerraram-se na cidade de Imperatriz ontem, 28/04. Completando o calendário, o último encontro será em São Luís. A data seria no 01 de maio, dia do trabalhador, todavia houve mudanças de planos e as associações anteciparam a Assembleia Geral. Será que vem greve por aí?  

Não sei não, nesse mesmo dia simultaneamente acontece também à Asembleia Geral da Polícia Civil.

Por tanto todos os militares estão convidados, venham participar.


Comentários

  1. vamos agitar..esclarecendo com maturidade para a população...DELEGADOS 70%. PARABÉNS..O RESTO..RESTO..AVANÇAR..ATÉ O PICO DA VITÓRIA..

    ResponderExcluir
  2. Ebenilson os alunos do cfsd querem saber se a bolsa do curso sera essa de 400 reais q nao da nem pra pagar a passagem p ir p la... gostariamos q vc fizesse essa perfunta ao secretario filipe camarao

    ResponderExcluir
  3. A Assembleia Legislativa do Maranhão tomou uma decisão equilibrada e acertada sobre a Medida Provisória 198/2015, que trata do reajuste dos servidores do Sistema de Segurança do Maranhão.

    A MP, bastante contestada pelos servidores, seria votada nesta quinta-feira (30) no Plenário da Casa. No entanto, a Comissão Especial, criada para analisar a MP, confirmou que a matéria foi retirada de pauta e será votada somente na próxima semana.

    A decisão de votar a MP na quinta-feira foi confirmada pelo deputado Rogério Cafeteira (PSC), presidente dessa Comissão Especial e Líder do Governo na Assembleia.

    “Não iremos votar a MP nesta quinta-feira, foi uma decisão unanime da Comissão Especial e com o aval do governador Flávio Dino. Não queremos passar a ideia que queremos atropelar qualquer negociação com os servidores do Sistema de Segurança. A decisão é mais uma prova que iremos sempre defender o diálogo entre as partes”, afirmou Cafeteira.

    Além de Rogério Cafeteira, os deputados Eduardo Braide (PMN), Levi Pontes (SDD), Marco Aurélio (PCdoB) e Ricardo Rios (PEN), também integram a Comissão Especial que analisa a polêmica MP 198/2015.

    A decisão da Assembleia deve fazer com que policiais civis e militares, que irão realizar assembleias nesta quinta-feira, não iniciem, pelo menos agora, uma paralisação das categorias.

    As greves tanto da Polícia Civil quanto da Polícia Militar eram tidas como certas, caso a Assembleia Legislativa aprovasse a MP nesta quinta-feira. Agora com o adiamento da votação da MP, o Governo do Maranhão ganha mais uma semana para seguir com as negociações e evitar uma crise na Segurança Pública logo no início da gestão.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

O espaço de comentários do nosso blog pode tem moderação.
Não serão aceitas mensagens:

01 - Que violem qualquer norma vigente no Brasil, seja municipal, estadual ou federal;
02 - Que contenham conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;
03 - Que contenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas;
04 - Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
05 - De cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;
06 - Que caracterizem prática de spam;
07 - Anônimas ou assinadas com e-mail falso;
08 - Fora do contexto da matéria;
09 - Só poderão comentar usuários que possua conta no Google

Blog do Ebnilson agradece a compreenção de todos

Postagens mais visitadas deste blog

3º Companhia Independente da PMMA( Amarante): Conclusão das primeiras turmas do PROERD em Sítio Novo no Maranhão

INTOLERÂNCIA MILITAR

2º Reunião da Comissão do governo com os militares: Principais Deliberações