Governo privilegia os delegados com um reajuste de mais de 70%, e os coronéis com apenas 5%



Se há alguém que é a menina dos olhos do governo, tenha certeza que os delegados os são, pois os coronéis andam bem longe de uma valorização por parte do executivo. 

Os “doutores”, estão de bem com a vida e como já dissemos, sorrindo com o vento, pela generosidade do governo. De todas as categorias dos agentes da Segurança, os delegados tiveram um reajuste salarial de mais de 70% em apenas dois anos. Como já havíamos dito, no ano de 2016, os delegados fecham suas negociações, pois neste ano, haverá um reajuste salarial no mês de fevereiro e junho. Isso significa dizer que houve dois pesos e duas medidas na avaliação governamental.

Aqui não queremos dizer que estamos de alguma forma em ciumados ou coisa do gênero, apenas chamamos atenção pela disparidade e privilegio de uma categoria em detrimento das demais. Tanto os agentes civis, como os militares foram preteridos pelo governo. Os coronéis tiveram um mísero reajuste de 5%. Será que eles são menos importantes do que os delegados dentro do sistema de Segurança? Um oficial para chegar ao coronelato, leva em média 20 a 30 anos de serviço. Será que pelo fato de os delegados serem bacharéis seria a justificativa para tamanha generosidade? Ou teve o dedo de alguém legislando em causa própria? Essas e outras perguntas ficam no vácuo e sem respostas. 

Não é possível aceitar uma tamanha desvalorização dos militares, o governo anuncio o reajuste como a melhor coisa do mundo, chegando até o próprio governador afirmar que foi o melhor reajuste da história dos militares. Não sei de onde, o executivo tirou essa ideia mirabolante, por que no mínimo é uma piada de mau gosto com os militares.

Onde entra os coronéis nessa jogada? A remuneração dos policiais militares e dos bombeiros estão baseadas numa escala que tem como referência os coronéis, ou seja, qualquer aumento salarial para esses oficias, refletirá direto até ao soldado, no qual todos estarão ganhando. Pelas tabelas apresentadas pelo Comandos e pelas associações, que ficaram guardadas as 7 chaves, a remuneração dos coronéis ficaria em média R$ 24.000 e o soldado R$ 5.000, dava-se certo que esse seria o valor escalonado dos militares, todavia o governo apresentou uma proposta totalmente diferente daquilo que foi apresentado.

O que aconteceu? Qual foi o erro? Onde erramos nesse jogo político e quebra de braço com o governo? A resposta poderá ser nas nossas próprias fraquezas e diferenças internas.

Parece que está acontecendo o que Thomas Hobbes, afirmava: “ o homem e lobo do próprio homem”, ou seja, o homem destrói o próprio homem. Fazendo esse paralelo, compreendemos que as brigas internas entre praças e oficias tem destruído todo o processo conjuntural. Parece que há duas policias: As polícias dos oficias e a polícia das praças, dessa forma a fragilidade tem nos causado sequelas profundas. O governo sempre apostou nessa desunião entre os dois ciclos. Não há entendimento, os oficias apresentaram um projeto salarial sozinho, em contrapartida as praças questionaram e apresentaram outra, dessa forma causou-se uma confusão dos diabos e perdemos por essa falta de comunicação entre os ciclos. Não há entendimento entre praças e oficias. Como já diz o texto bíblico, casa dividida não subsistirá. Enquanto houver essa luta de cão e gato, as Corporações serão feitas de gato e sapato.

Os coronéis perderam a força política junto aos governos, as praças após os movimentos grevistas, ascenderam um pouco, sem contudo conquistar muita coisa, pois geralmente os oficias vetam os avanços, principalmente quando chocam com os seus interesses. Exemplo maior é a comissão especial do governo, que por si só é injusta. Lá são 4 oficias contra 2 praças. E os oficias estão novamente caindo nas armadilhas do governo. O raciocínio é simples, dividir para conquistar. 

Enquanto existir esse dualismo interno e a oficialidade não se entender com as praças e ficarem nessa luta de dominador e dominado, opressor e oprimido, perseguidor e perseguido a situação dos militares ficará dessa forma. Se os ciclos não derem as mãos, podem ter certeza que essas distorções estarão sempre em vigor.

Esse reajuste dos militares representa justamente essa desunião. Está mais do que na hora dos oficias da PM arregaçarem as mangas e saírem do seu castelo para o front. 

Os oficias precisam de mais lideranças e militâncias, somente o presidente do clube dos oficias não fará milagres. Reclamam das praças, todavia as praças já fizeram duas greves e elegeram um parlamentar, os oficias tem que despertarem essa mesma coragem e saírem para o enfrentamento, pois se suas preocupações forem apenas promoções e o temor de perder alguma função, continuaram fragmentados e desvalorizados. 

Fica aí a dica, não adianta ficarem somente nos corredores reclamando, quero vê hoje se essa revolta e indignação se traduz de fato na Assembleia Geral.  

Comentários

  1. Só se fala em salário,
    não se fala em títulos (graduados e pós-graduados) para aumentar mais ainda o salário e incentivar o estudo;
    não se fala em carga-horária, somos concursados, nossa carga horária poderia ser entre 20 e 30 horas semanais;
    não se fala em concurso interno para promoção com mais rapidez;
    não se fala do ticket alimentação;
    não se fala em plano de saúde;
    não sei se falam da promoção ser na época certa;
    não sei se falam da obrigatoriedade do reajuste anual que é todo mês de março (esses aumentos, não estão considerando os futuros reajustes);
    É só salário...

    ResponderExcluir
  2. HOMINIS LUPUS HOMINIS..... NEM ADÃO E EVA..QUE ERAM DOIS..VIVERAM EM HARMONIA..

    ResponderExcluir
  3. Ebenilson, nesse comentário vc foi professor, doutorado e mestre falou tudo hj dia 30 esperaremos vcs oficiais na assossiacao dos inativos no angelim as 18 hrs se querem parar de choramingar que venham tb

    ResponderExcluir
  4. Ainda nao perceberam que o secretario de segursnça e delegado da policoa civil

    ResponderExcluir
  5. Cadê que os oficiais querem o ciclo completo?
    Só olham para o próprio umbigo.
    Por mim o movimento seria somente das praças, cada um na sua. Só estão com lamurias pq pegaram um tapa de luvas do governador

    ResponderExcluir
  6. Achei foi pouco para os que se acham donos da PM, quando as praças paralisaram suas atividades em prol de melhorias salarial e melhores condições de trabalho inclusive para eles, o pago que eles deram para atropa foi pressão e retalhação. agora quero ver !

    ResponderExcluir
  7. Talvez quando esses novos oficiais chegarem a Coronel, pode ser que mude, pois os que estão aí ainda se sentem como "DEUSES", como lhes foi ensinado na Academia, todos recebem gratificação por alguma função "substituição" aí o medo de perder essa merreca apavora a todos.

    ResponderExcluir
  8. Rapaz, os delegados são carreira jurídica do Estado e, segundo a lei 12.830/13 devem receber o mesmo tratamento dado a juizes, promotores e defensores públicos. Como podem ser nivelados por baixo? Sabe de uma coisa: vão estudar, pois todo mundo sabe onde entrou. Parem de meninice.

    ResponderExcluir
  9. os delegados ganham muito bem porque trabalham pouco, e os pms fazem o trabalho dos investigadores, agentes, e delegados, policia militar tem que ganhar pouco mesmo....da aumento não flavio dino......so serviço.....pm tem que trabalhar ate não aguentar mais,.....

    ResponderExcluir
  10. LUTA CONTINUA!!!!!

    VAMOS CORRE ATRÁS... 40 H SEMANAIS, PLANO DE SAÚDE, SEGURO DE VIDA, CARREIRA ÚNICA NA PMMA, LEI DE PROMOÇÃO PARA ENTRA EM VIGOR; HOJE EM MÉDIA O PRAÇA COM 24 ANOS DE PMMA AINDA É SD OU CB, IGUALAR O VALE ALIMENTAÇÃO COM O DA CIVIL....

    VC PODE TER CERTEZA... Q ESSES GANHOS NO SUBSÍDIOS SÓ FOI POSSÍVEL PQ A CATEGORIAS DAS PRAÇAS FORAM ATRÁS.... NÃO FICAMOS A REBOQUE DOS OFICIAIS. 

    ANTIGAMENTE ERA 100 REAIS AOS PRAÇAS E 1.000 REAIS AOS OFICIAIS DE AUMENTO, PARA SER FELIZ... NÃO FOI BOM O AUMENTO... MAS PODERÁ FICAR MELHOR...

    PRECISAMOS TB AUMENTAR PARA FUTURO O ÍNDICE DO ESCALONAMENTO VERTICAL PARA 0,33 AO SD... NÃO PODEMOS TER UMA DISPARIDADE MUITO GRANDE COM CEL... NA PCMA O AGENTE NÃO PODE GANHAR MENOS QUE 40 % DO DELEGADO, OU SEJA, PARA UM SERVIÇO DE QUALIDADE NÃO PODEMOS TER DISPARIDADE..

    OUTRO GRANDE PROBLEMA DA PMMA É O INTERIOR... UMA ESCALA PIOR Q NO TEMPO DA ESCRAVIDÃO... VCS NEM IMAGINAM COM SÃO ESSAS ESCALAS... 07 POR 07, 25 POR 05 E 50 POR 10... SE NÃO TEM EFETIVO!!!!!! O PROBLEMA NÃO É DO PRAÇA... ESSE REGIME DE ESCALA É DE ESCRAVIDÃO... JÁ TEM PRAÇA Q TEM UM NÍVEL EDUCACIONAL ALTO Q JÁ ESTÃO QUERENDO PEDIR BAIXA... PM É ILUSÃO.

    ResponderExcluir
  11. Papa essa Brasil. Gigante pela própria natureza, não podemos incorrer na desvalorização profissional que somos, vamos lutar pelos nossos objetivos e idéias, junte-se a nós.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

O espaço de comentários do nosso blog pode tem moderação.
Não serão aceitas mensagens:

01 - Que violem qualquer norma vigente no Brasil, seja municipal, estadual ou federal;
02 - Que contenham conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;
03 - Que contenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas;
04 - Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
05 - De cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;
06 - Que caracterizem prática de spam;
07 - Anônimas ou assinadas com e-mail falso;
08 - Fora do contexto da matéria;
09 - Só poderão comentar usuários que possua conta no Google

Blog do Ebnilson agradece a compreenção de todos

Postagens mais visitadas deste blog

3º Companhia Independente da PMMA( Amarante): Conclusão das primeiras turmas do PROERD em Sítio Novo no Maranhão

INTOLERÂNCIA MILITAR

2º Reunião da Comissão do governo com os militares: Principais Deliberações