Coronéis PMs divulgam nota contra o secretário de segurança Aluísio Mendes


 Coroneis Flávio, Ivaldo, Francalanci, Zanoni e no fundo Cel. Gonçalo(em pé)
  

Do Blog do Gilberto Lima

O Cel. PM Gonçalo Alves de Sousa, comandante da 9ª CI, divulgou nota de esclarecimento aos comandantes de Unidade do Interior, condenando a atitude do secretário de segurança Aluísio Mendes, durante a aula inaugural do Curso de Formação de Soldados, no último dia 08, na cidade de Codó.

Aluísio Mendes é apontando como o responsável pela retirada do nome do Cel. Gonçalo da lista de autoridades que iriam compor a mesa.

“Ao chegar no local o Cel. Gonçalo Alves foi recepcionado pelo Major Jairo Xavier, comandante de Unidades, sendo informado que iria compor a mesa. Ao chegar ao local, o secretário Aluísio Mendes pediu para ver o script, determinando a retirada do nome do Cel. Gonçalo da composição da mesa de autoridades e de fazer uso da palavra”, diz a nota de esclarecimento.

Em outro trecho, a nota diz que faltou habilidade e educação ao secretário de segurança ao lidar com um oficial de alta patente.

“ Tal atitude demonstra, se não o injustificado desconhecimento das regras básicas de etiqueta social em cerimoniais, a total falta de habilidade e educação no trato com um oficial de alta patente”, prossegue a nota.

A nota, divulgada na sexta-feira(18), é assinada [também] pelos coronéis Ivaldo Barbosa, Flávio Antônio Silva, Aldimar Zanoni e Reinaldo Elias Francalanci.

Confira a íntegra da nota.

Fonte: http://gilbertolimajornalista.blogspot.com.br/

Comentários

  1. Eu hein esse secretário de "insegurança" ainda mal educado...

    ResponderExcluir
  2. Imagina o quê ele pode fazer com um simples praça...pior se for do GTA...já que o idolatram tanto...

    ResponderExcluir
  3. tenho dois amigos dentre esses coronéis, mas tem alguma me cheirando mal.

    ResponderExcluir
  4. vcs sabia q os Srs pode fazer uma grande revolução antes de ir para reserva. pq as nossas associações são fraquinha. como só os policias civis ganha alguma coisa.

    ResponderExcluir
  5. Esses Coronéis as vezes usam da sua autoridade para fazer valer seus interesses,mas na hora de serem barrados por seus superiores os mesmos acham que é injusto,injusto ou não quem manda é o patrão e o patrão de vocês Coronéis querendo ou não é o secretário de segurança.Chupa essa manga!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  6. a " alta patente dos senhores serve apenas p militares, ele é um civil.... " e chefe de vcs, ele poderia ter levado em consideração a as regras de respeito, mas não o fato da patente....

    ResponderExcluir
  7. rsrsrsrsrsrsrs ele n é militar meus caros

    ResponderExcluir
  8. ei policiais vc n podem cobrar militarismo, de quem n é militar. isso aí não tem nada haver

    ResponderExcluir
  9. OQUE FOI COLOCA MEU COMENTARIO AÍ, O SECRETARIO NÃO É PM, ESSE NEGOCIO PM, SERVE PRA PM, E NÃO PRÁ CIVÍL, OQUE TEM HAVER SER CORTADO DE UMA REUNIAO, ISSO É NORMAL, É PQ ELE É PM COMANDANTE QUE ELE FICOU ZANGADO, O MILITARISMO TEM É QUE ACABAR

    ResponderExcluir
  10. Militares tratam de organização da Segurança Pública no Maranhão com deputados.



    Na manhã desta quarta-feira (16/10) o presidente da Comissão de Segurança Pública da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado Roberto Costa (PMDB), acompanhado do deputado Zé Carlos (PT) e da deputada Francisca Primo (PT), receberam representantes de associações de classe dos policiais e bombeiros militares do Maranhão.

    Estiveram presentes o Sargento Paulo Sérgio (Associação dos Subtenentes e Sargentos do Corpo de Bombeiros), o Sargento Aquino (Associação dos Policiais e Bombeiros Militares do Estado do Maranhão), Sargento Mendonça (Associação dos Servidores Militares do Maranhão) e o Sargento Jean Marry (Associação dos Militares do Corpo de Bombeiros). A reunião teve como pauta assuntos de interesse da classe e da organização de todo o Sistema de Segurança Pública do estado.

    O deputado Roberto Costa destacou a atuação do Secretário de Segurança Pública, Aluísio Mendes, que tem trabalhado para garantir maior estruturação de todo o Sistema de Segurança Pública. “O secretário de segurança Aluísio Mendes tem travado uma luta muito grande em relação ao Projeto de Lei que regula entre outras coisas, o tempo dos coronéis e atende também as reivindicações dos Praças. Ele está intermediando isso junto à Governadora Roseana Sarney, e tem colocado essa discussão como uma questão prioritária. Além dos investimentos feitos em Segurança, pela governadora, que tem modernizado todo o Sistema”, destacou.

    Costa garantiu que irá agendar, na próxima semana, uma reunião entre a Comissão de Segurança Pública com o secretário Aluísio Mendes, para levar as reivindicações e sugestões dos militares.

    OImparcial

    ResponderExcluir
  11. AGORA LASCOU!!!!!1

    O SEC. DE SEGURANÇA DO MA, NÃO QUE VER A PRESENÇA DE UM CEL. FECHADO, COM VÁRIAS ESTRELAS , IMAGINA OS PRAÇAS; AGORA LASCOU?????

    O PRAÇA ESTÁ MORTO, O PRAÇA COM 22 ANOS DE PMMA É AINDA SD OU CB, E AGORA O SEC. DE SEGURANÇA NÃO QUE VER OS CEL(S). NEM PINTADO DE OURO.

    EU CONCORDO Q O CEL MERECIA TODO RESPEITO DO SEC. DE SEGURANÇA, POIS O CEL.REPRESENTA A PMMA, MAIS AO TORNA ISSO PÚBLICO NÃO CHEIRA BEM, PODE SER ATRITO PESSOAL COM O CEL OU COM A PMMA. SÓ SEI DE UMA COISA SE O NEGÓCIO ESTAVA FEIO PARA O PRAÇA E VAI FICAR AINDA PIOR........

    ResponderExcluir
  12. ESTUPRADOR QUE MATOU POLICIAL FOI PRESO NO INTERIOR DO PIAUÍ.


    A Polícia do Piauí prendeu neste sábado, por volta das 19 horas, o preso identificado como Wagner Alexandre Almeida Aragão, mais conhecido como “Tarado da Hillux”.

    Na última sexta-feira (18/10), quando era transportado do Maranhão para Pernambuco, matou um agente da polícia pernambucana com um tiro. Após a fuga, o acusado se refugiou na localidade Sanharou, na região de Aroazes, ainda algemado, chegou a pedir café aos moradores A polícia recebeu a informação com sua localização e fez o cerco, prendendo-o e conduzindo-o para Teresina, onde será autuado em flagrante e depois encaminhado para Pernambuco.

    ENTENDA O CASO

    O homem conhecido como o ‘Estuprador da Hilux’ foi preso no estado do Maranhão e era conduzido até a cidade de Recife (PE), onde cometeu diversos crimes de estupro, quando no Piauí rendeu um dos policiais e fugiu.

    Segundo os policiais, o preso pediu para beber água e mesmo algemado conseguiu roubar a arma do policial e matá-lo. Durante a ação, o carro acabou capotando. Três policiais faziam a escolta do preso.

    A ação dentre do veiculo Gol provocou um acidente que terminou com o outro policial e o acusado ferido e o acusado ainda algemado conseguiu empreender fuga. O corpo do policial foi levado para a capital e o policial ferido foi atendido no hospital regional de Valença.

    Fonte: RIachão Net


    ResponderExcluir
  13. para os coronéis. e isso mesmo srs. não aboerte os seus ideais no ventre da covardia, vao enfrente empunhando a verdade pois a liberdade não é utopia

    ResponderExcluir
  14. Acredito fortemente no estado de direito, pois sou um policial concursado, que estudei muito para vestir a farda da PMMA, por isso me deixa triste, ver o valor que se deu para uma formatura. Será que a vida dos PMs que morrem são menos importantes que essas burocráticas reuniões . Senhores a LEI e a ORDEM, nas ruas esta morrendo a cada dia, a cada minuto. Já é chegada á hora de acordarmos para isso, leiam os jornais ,vejam na TV.O ESTADO de direito pede socorro . E para isso não existe magica, se faz necessario reestruturar todo o falido sistema. Principalmente a parte que ainda dorme ,e que sem duvidas prefere um lugar numa reunião, á beira de uma mesa encardida.

    ResponderExcluir
  15. Esse Secretário é mal educado mesmo.... verifica dentro da SSP quem tem apreços por ele, nem com funcionários ele fala. É um secretário de gabinete. Não conhece nem os setores do prédio......como quer ser nosso deputado???????

    ResponderExcluir
  16. Duvido se ele tem coragem de cometer uma atrocidade dessas contra um Delegado de Polícia Civil. A verdade é que os Delegados não aceitam a chefia desse agente administrativo da PF. As ordens dele são desprestigiadas no âmbito da PC pelo simples motivo de que os Delegados chegaram a um patamar de respeito e valorização que independe de serem catapultados ao cargo de Delegado Geral ou outros cargos de chefia. Um Delegado de PC (via de regra) não tem medo de perder a chefia de uma Delegacia Geral, Distrital, Regional ou Superintendência, ao contrário do que acontece nos quartéis, onde todos vivem às voltas com o medo de perderem os seus comandos, e ninguém se posiciona diante de quaisquer situações. A coragem intrínseca do militar se esvai enquanto baixam as suas cabeças e aceitam desmandos contra a instituição, para satisfazer o ego dos seus chefes, garantindo, assim, o comando ou a fluidez das suas promoções. Não sou Coronel da PM, mas percebo o imenso desprestígio quando uma situação dessas ocorre. Um Coronel da Polícia, instituição secular, calado por um agente administrativo de polícia federal despreparado e incompetente (se fosse um expoente dentro da PF, continuaria por lá, onde chefiaria e seria aproveitado nos quadros da instituição, ou talvez fosse aprovado no concurso para Delegado, se tivesse coragem de se submeter ao certame para o qual nunca seria aprovado (na PF o Sarney não manda!!!!!). Essa é uma afronta à instituição policial militar, e não somente ao Coronel X, Y, ou Z. Num argumento mais simplório, diria: "Se comete uma atitude contra um dos oficiais da mais alta patente, imagina o que não faz com o soldado raso". Que tristeza!!! E digo mais: a culpa não é do regulamento, mas sim daqueles que subverteram o regulamento, confundindo os princípios basilares da disciplina e hierarquia com subserviência cega e vassalagem nociva, com vistas à manutenção de status de dominância ou fluidez na ascensão profissional (promoções). Ninguém tem coragem de defender os quartéis, ou os militares sob o seu comando. Não existem comandantes à moda antiga, capazes de ir até as últimas consequências na defesa dos policiais sob seu comando. Há somente uma cambada de frouxos que só pensam em promoções, comandos de unidades e escalões superiores de comando (com raríssimas exceções). É uma pena perceber esse estado de coisas e ver que somente parte dos coronéis se prontificou a apoiar o companheiro, demonstrando o esfacelamento do escalão superior, a falta de coesão institucional e o domínio do individualismo. O último que sair, apague a luz.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo em parte de suas palavras, mas não quando fala do mili... pois não é mais aceitável essa concepção militar em uma policia moderna. a policia precisa ser reestruturada onde policiais sejam policiais e não militares. é isso que enfraquece os policias, são frágeis por conta das redeas, veja nas outras forças, tem sindicatos, são organizados, brigam e são ouvidos na maioria das vezes. deixe o militarismo para sua casa, marinha, exercito e aeronautica. enquanto perdurar o militarismo n seio das policias jamais os servidores poderam gozar do estado de direito,concreto e de fato. pec 102 está a todo vapor, pois agora a propria dilma quer a unificação das policias e o fim do mili... na PM. que a contituição de nosso país seja válida aos nossos policiais, que os seus direitos constitucionais outrora esculachados, sejam respeitados, e que o simples falar e se dizer o que se pensa, e opinar seja prova da liberdade de expressão, e não ponderação, que ao faltar um serviço, por mais que injustificado, o servidor não fique preso como um cachorro, que pela falta de um simples gesto, ou pela falta de um " senhor" antes de um nome, não fique detido, ou mesmo ser obrigado a levantar quando um outro policial entra em um recinto, como se estivesse referenciando um " deus ", não meus amigos isso não é digno. E antes que diga como alguns pequenos cérebros da pm," ninguem te obriga a ficar...." DEUS, já me deu minha glória, passei em outro concurso, mas fico feliz em saber que os amigos que aí ficam, que isso está mais perto do que se imagina de acabar.

      Excluir
  17. policiais morrendo a mingua por aí e vcs brigando, choramingando por poder, eu tenho nojo de vcs, répudiu. daqui a pouco chega em vcs, pois tb são pms.

    ResponderExcluir
  18. Ponto no "i":Não é porque ele não é militar que ele não tenha a obrigação de ser ético. Havia um cmt. de Policiamento de Área e este merecia deferência. Qto ao fato dos coronéis sentirem na pele o destrato que impõem aos subordinados, isso é verdade e só pra arrematar:depois do acordo pífio após a greve, o que vemos é uma polícia desmoralizada, fraca e desrespeitada, em que alguns integrantes pegam propinas de cem reais nas ruas em vez de lutarem dignamente por melhorias.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

O espaço de comentários do nosso blog pode tem moderação.
Não serão aceitas mensagens:

01 - Que violem qualquer norma vigente no Brasil, seja municipal, estadual ou federal;
02 - Que contenham conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;
03 - Que contenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas;
04 - Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
05 - De cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;
06 - Que caracterizem prática de spam;
07 - Anônimas ou assinadas com e-mail falso;
08 - Fora do contexto da matéria;
09 - Só poderão comentar usuários que possua conta no Google

Blog do Ebnilson agradece a compreenção de todos

Postagens mais visitadas deste blog

3º Companhia Independente da PMMA( Amarante): Conclusão das primeiras turmas do PROERD em Sítio Novo no Maranhão

INTOLERÂNCIA MILITAR

2º Reunião da Comissão do governo com os militares: Principais Deliberações