Coronel Melo deflagra Operação Impacto em Imperatriz e anuncia a criação do 14º BPM no município

Cel. Melo, Comandante do CPI

O Cel. Melo, Comandante do CPI(Comando do Policiamento do Interior), está na cidade de Imperatriz para desenvolver a Operação Impacto.

A Operação Impacto teve início em São Luís pelo Comandante Geral da PMMA, o Cel. Zanoni, devido a onda de violência que cresceu assustadoramente no Região Metropolitana de São Luís.

A operação na região tocantina terá o reforço de militares de Imperatriz(3º BM), Estreito(12º BPM) e Açailândia(5º CI). Sob o comando do Cel. Melo, teve início nesta sexta-feira(13/12) para coibir principalmente o tráfico de drogas na região tocantina.

Também o Cel. Melo anunciou na imprensa a instalação do 14º BPM em Imperatriz. O novo batalhão é uma reivindicação antiga da população imperatrizense. De acordo com o oficial disse que a unidade estará sendo inaugurada até o final de janeiro de 2014.

O 14º BPM, estará instalado na Vila Fiquene, local onde funcionava a 1º Cia do 3º BPM. Com a nova unidade Imperatriz disporá de 2 batalhões operacionais tendo como divisor de limites de atuação a Br 010.
Cel. Melo Já foi Ex- Comandante Geral daPM e do 3º BPM e volta a Imperatriz para Comandar toda a região tocantina.

Desejamos sucesso ao oficial nessa sua nova missão que com certeza a região ganhará muito com sua presença.

Comentários

  1. A VIOLÊNCIA AUMENTAR!!!!!!!!!!


    Dados divulgados pelo Sindicato dos Policiais Civis do Piauí (Sinpolpi) apontam que nos últimos dois meses do ano foram registrados 101 homicídios no Estado. Cerca de 60% foram decorrente de arma de fogo.

    Fotos: Geísa Chaves / Cidadeverde.com

    O assessor jurídico do Sinpolpi, Constantino Júnior, afirma que foram registrados 50 assassinatos no mês de outubro e 51 em novembro, sendo que 13 foram contra o sexo feminino. "O perfil das vítimas é de jovens que residem em periferias. A motivação principal é decorrente do tráfico de droga e acerto de conta", revela.

    Constantino Júnior alerta para a relação entre os crimes e o aumento do consumo de drogas. "O grande combustível do aumento da violência são as drogas, sua comercialização, disputa de espaço, não pagamento de dívidas. É essa a nossa visão", constata.


    O principal objetivo de divulgação da pesquisa, segundo o assessor jurídico, é alertar a sociedade, para que se possa cobrar planejamento e investimentos das autoridades. "Não existe política pública no Estado. Nós atribuímos a culpa à esfera federal que tem fundos para a saúde, educação, mas não tem para a segurança. O Ministério da Justiça não dá suporte, aparelhamento para a polícia", destaca.

    Para Constantino Júnior, outro agravante é a falta de atuação da polícia nas fronteiras, pois a entrada de armas no Estado não é coibida. "As armas entram fácil pelas fronteiras, aumentando o índice de violência. Por isso a necessidade de planejamento". explica.


    Constantino Júnior revela ainda que os dados foram levantados com base em matérias divulgadas na mídia e coletas realizadas no Instituto Médico Legal. "Foi uma pesquisa colhida com informações de matérias divulgas em jornais, sites, dentre outros, em compilação com com os dados do IML", diz.

    Dos 101 homicídios ocorridos no Estado, 50 foram registrados no mês de outubro, tendo sido 35 na capital, contra 15 no interior. Já no mês de novembro foram 51 homicídios, tendo um aumento desse vez no interior, que registrou 28 homicídios contra 23 na capital.

    Geísa

    ResponderExcluir
  2. Pelo jeito operacao
    impacto foi ao contrario q se esperava pois todos os fins de semana tem de 3 a 4 homicidios em imperatriz os bandidos andam atirando pra cima em assalto as lojas no centro estamos com medo sentar na porta de casa nem pensar.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

O espaço de comentários do nosso blog pode tem moderação.
Não serão aceitas mensagens:

01 - Que violem qualquer norma vigente no Brasil, seja municipal, estadual ou federal;
02 - Que contenham conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;
03 - Que contenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas;
04 - Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
05 - De cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;
06 - Que caracterizem prática de spam;
07 - Anônimas ou assinadas com e-mail falso;
08 - Fora do contexto da matéria;
09 - Só poderão comentar usuários que possua conta no Google

Blog do Ebnilson agradece a compreenção de todos

Postagens mais visitadas deste blog

3º Companhia Independente da PMMA( Amarante): Conclusão das primeiras turmas do PROERD em Sítio Novo no Maranhão

2º Reunião da Comissão do governo com os militares: Principais Deliberações

INTOLERÂNCIA MILITAR