domingo, 6 de abril de 2014


O escalonamento vertical é a maneira como os vencimentos, salários, remuneração ou subsídios dos policiais militares e bombeiros estão distribuídos. A lei de remuneração da PMMA está disposta em forma de uma escala na vertical, por isso o nome escalonamento (escala) e vertical (está na vertical os valores dos índices).

A remuneração está baseada em índices escalonado do soldado ao coronel, 1 e 0,188 respectivamente.

Os índices são baseados nos vencimentos do coronel. Vamos tirar como exemplo, o índice do soldado que é de 0,188. Multiplicasse esse índice com o vencimento do coronel e o resultado será o valor do salário do soldado.

Subsidio do coronel - 13.151,67
Subsídio do soldado- 2.564,58
Índice do Escalonamento do Soldado-0,188
13.151,67 X 0,188= 2.564,58
Subsídio do soldado com o índice do Escalonamento Vertical- R$ 2.564,58.

Para fazer os demais siga a mesma regra, sempre multiplicando os índices pelo subsidio do coronel que se chegará o valor desejado.

Para explicarmos melhor vamos utilizar o comentário de um internauta chamado Julio Caetano, que de maneira bastante esclarecedora fez uma excelente exposição. O texto foi baseado na contribuição deste internauta que não o conheço mais fez um magistral trabalho.

HISTÓRICO DA PERDA SALARIAL

Pela Lei Estadual nº 4175, de 20/06/1980, a remuneração dos policiais militares e bombeiros militares do Maranhão é calculada com base no soldo, hoje, subsídio, do posto de Coronel multiplicado pelos índices dos demais postos e graduação fixados na Tabela de Escalonamento Vertical, de acordo com o art. 110 da referida Lei abaixo citado, in verbis:

Art. 110. O valor do soldo será fixado para cada posto ou graduação, com base no soldo de Coronel, observado os índices estabelecido na Tabela de Escalonamento Vertical.

TABELA DE ESCALONAMENTO VERTICAL

Tabela 1
POSTO/GRADUAÇÃO
ÍNDICES
Coronel
1
Tenente Coronel
0,920
Major
0,840
Capitão
0,730
1º Tenente
0,650
2º Tenente
0,600
Aspirante
0,520

Aluno CFO 3º
0,340
Aluno CFO 2º
0,520
Aluno CFO 1º
0,340

Sub-Tenente
0,520
1º Sargento
0,460
2º Sargento
0,400
3º Sargento
0,348
Aluno do CFS Civil
0,200
Cabo
0,270
Soldado
0,240

Fonte: Blog do Ebnilson

A tabela 1 mostra que desde o ano de 1980, os vencimentos estavam baseados no escalonamento vertical. Há uma figura que hoje não existe mais, o “aluno do CFS Civil”.

A Lei Estadual nº 4.940, de 12/09/1989, extinguiu o escalonamento vertical da remuneração dos policiais e bombeiros militares do Maranhão.

A Constituição do Estado do Maranhão, de 05/10/1989, elevou a garantia constitucional a aplicação da remuneração dos militares maranhenses escalonada verticalmente, no seu art. 24, §11, VI, abaixo citado, in verbis:

Art. 24. São servidores militares os integrantes da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros Militar.

(…)
§11. Asseguram-se aos servidores públicos militares os seguintes direitos:

VI – soldo do soldado PM, respeitado o escalonamento vertical, definido em lei, não inferior ao salário mínimo vigente.

A Lei Estadual 5.097, de 06/05/1991, em observância ao preceito da Constituição do Estado do Maranhão, instituiu os índices do escalonamento vertical da remuneração dos militares maranhenses, no seu art. 2º, abaixo citado, in verbis:

Art. 2º. Fica instituído na forma do Anexo I da presente Lei, o Escalonamento Vertical e respectivos índices para os Policiais Militares da Polícia Militar.

Tabela 2
POSTO/GRADUAÇÃO
ÍNDICES
Coronel
1
Tenente Coronel
0,920
Major
0,840
Capitão
0,730
1º Tenente
0,650
2º Tenente
0,600
Aspirante
0,520

Aluno CFO 3º
0,340
Aluno CFO 2º
0,520
Aluno CFO 1º
0,340

Sub-Tenente
0,520
1º Sargento
0,460
2º Sargento
0,400
3º Sargento
0,348
Cabo
0,270
Soldado
0,240


Fonte: Blog do Ebnilson

A Lei Estadual nº 4175, de 20/06/1980ª foi substituída pela lei 5.097, de 06/05/1991 conforme mostrada na tabela 2, vejam que a figura do “aluno do CFS Civil” desapareceu, mais os índices continuaram o mesmo.

A Lei Estadual nº 8.591, de 27/04/2007, Lei de Subsídio, fixou a remuneração dos militares maranhenses em subsídio e os índices dos postos e graduação na Tabela de Escalonamento Vertical, no seu art. 1º, §2º, abaixo citado, in litteris:

Art. 1º. Passam a ser remunerados por subsídio, fixado em parcela única, os membros da Polícia Militar do Maranhão e do Corpo de Bombeiros Militar do Maranhão, nos termos do art. 39, §§4º e 8º da Constituição Federal.

(…)
§2º. A Tabela de Escalonamento Vertical da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros passa a vigorar de acordo com o Anexo II da presente Lei.


Tabela 3
POSTO/GRADUAÇÃO
ÍNDICES
Coronel
1
Tenente Coronel
0,771
Major
0,687
Capitão
0,564
1º Tenente
0,405
2º Tenente
0,363
Aspirante
0,319
Aluno CFO 3º
0,203
Aluno CFO 2º
0,196
Aluno CFO 1º
0.188
Sub-Tenente
0,305
1º Sargento
0,271
2º Sargento
0,235
3º Sargento
0,218

Cabo
0,203
Soldado
0,188

Fonte: Blog do Ebnilson


A Lei Estadual nº 8.591, de 27/04/2007, modificou drasticamente os valores dos índices, conforme demonstrado na tabela 3. Nos índices anteriores o soldado tinha o valor de 0,240, com a nova lei de remuneração  o soldado ficou com 0,188. Isso significou uma perda considerável em seus vencimentos. 
 II   
A PARTIR DE 1º DE ABRIL DE 2007

TABELA DE ESCALONAMENTO

Polícia Militar e Corpo de Bombeiros Militar

Foi a partir do governo de Jackson Lago que os militares maranhenses começaram a ser lesionado na sua remuneração tendo em vista que a Lei de Subsídio reduziu os índices da Tabela de Escalonamento Vertical, senão vejamos:


Tabela 4
POSTO/GRADUAÇÃO
ÍNDICES, Lei 5.097/1991
ÍNDICES, LEI 8.591/2007
Coronel
1
1
Tenente Coronel
0,920
0,771
Major
0,840
0,687
Capitão
0,730
0,564
1º Tenente
0,650
0,405
2º Tenente
0,600
0,363
Aspirante
0,520

0,319
Aluno CFO 3º
0,340
0,203
Aluno CFO 2º
0,520
0,196
Aluno CFO 1º
0,340

0.188
Sub-Tenente
0,520
0,305
1º Sargento
0,460
0,271
2º Sargento
0,400
0,235
3º Sargento
0,348
0,218

Cabo
0,200
0,203
Soldado
0,240

0,188

Fonte: Blog do Ebnilson

A tabela 4 faz um comparativo entre os índices anteriores e atuais.

Veja a perda salarial conforme abaixo (somente o ano de 2014, isso vem acontecendo desde 2007):



Tabela 5
POSTO/GRADUAÇÃO
ÍNDICES, Lei 5.097/1991
ÍNDICES, LEI 8.591/2007
Perdas salariais
Coronel
13.151,67
13.151,67
0.000,00
Tenente Coronel
12,099,54
10.139,94
1.959,60
Major
11.047,40
9.035,20
2.012,20
Capitão
9.206,17
7.417,54
1.788,63
1º Tenente
8.548,59
5.326,43
3.222,16
2º Tenente
7.891,00
4.774,06
116,943
Aspirante
6.838,87
4.195,38
2.643,49
Aluno CFO 3º
4.471,57
2.669,79
1.801,78
Aluno CFO 2º
4.471,57
2.577,73
1.893,84
Aluno CFO 1º
4.471,57
2.472,51
1.999,06

Sub-Tenente
6.838,87
4.011,26
2.827,61
1º Sargento
6.049,77
3.564,11
2.485,66
2º Sargento
5.260,67
3.090,64
2,170,03
3º Sargento
4.576,78
2.867,07
1.709,71
Cabo
3.550,95
2.669,79
881,16
Soldado
3.156,40
2.564,58
591,82
Fonte: Blog do Ebnilson

A tabela 5 mostra os valores dos subsídios dos antigos e novos índices, os valores das perdas salariais que foram alterados com a mudança dos índices do escalonamento vertical. 

A maior perda deu-se no posto de 1º tenente que ficou um rombo de R$ 3.222,16, a menor perda foi a do soldado que teve uma redução de R$ 591,82. Conforme mostra a tabela acima. 

2. FUNDAMENTO DA PRETENSÃO

A pretensão dos militares maranhenses tem amparo na Constituição Federal, nos arts. 37, XV, que, expressamente, veda a irredutibilidade de vencimentos, e 39, §4º, que garante a revisão geral anual sempre na mesma data e sem distinção de índice, o que não ocorreu, porquanto, como se verificou os índices da Tabela de Escalonamento Vertical foi reduzido em 2007. Apenas conquistamos o que nos foi retirando sendo, portanto uma reivindicação justa.

Conform o Termo de Acordo firmado entre militares e governo assinado dando o fim da greve da PM/BM, pode fazer-se as seguintes conclusões: 

1)    Primeiramente como já explicado acima, não será um “novos índices do escalonamento vertical” como está no texto, mais sim a volta do antigo índice da Lei 5.097/1991, conforme a tabela 2; 

2)    Conforme o texto do acordo, diz que será criada uma proposta em caráter de urgência de no máximo 10 dias para não incorrer na lei eleitoral;

3)    Outra questão será uma dotação orçamentária para o ano de 2015, haja vista que o orçamento de 2014 não tem nenhuma previsão para esse impacto econômico;

4)    Portanto, essas mudanças nos índices do escalonamento vertical só serão possíveis no ano de 2015, caso seja incluída no orçamento.

“Proposição de lei com índice com novos índices do escalonamento vertical, nos termos da lei 5.097/1991 que será criada e proposta em regime de urgência em no máximo 10 dias, obedecendo os prazos da lei eleitoral vigente, para que haja tempo hábil de ser aprovada com previsão orçamentária para entrar em vigor em 2015. “(Termo de Acordo).

Outra questão, que gerou dúvidas foi sobre a tabela que publicamos em pôster anterior.
A tabela foi baseada nos índices dos vencimentos atuais, mais se levando em consideração o reajuste de 5,6% no mês de novembro, os valores com o Escalonamento Vertical serão alterados, vejam como ficará os salários incluído o reajuste de novembro:


Tabela 6

POSTO/GRADUAÇÃO
Salário atual
Salário com os 5,6%
Salário com escalonamento e 5,6% para 2015
Coronel
13.151,67
13.888,16
13.888,16
Tenente Coronel
10.139,94
10.707,19
12.777,10
Major
9.035,20
9.541,17
11.666,05
Capitão
7.417,54
7.832,92
9.721,71
1º Tenente
5.326,43
5.624,1
9.027,30
2º Tenente
4.774,06
5.041,40
8.332,89
Aspirante
4.195,38
4.430,32
7.221,84
Aluno CFO 3º
2.669,79
2.819,28
4.721,97
Aluno CFO 2º
2.577,73
2.722,07
4.721,97
Aluno CFO 1º
2.472,51
2.610,97
4.721,97
Sub-Tenente
4.011,26
4.235,89
7.221,84
1º Sargento
3.564,11
3.763,68
6.388,55
2º Sargento
3.090,64
3.263,71
5.555,26
3º Sargento
2.867,07
3.027,61
4.833,07
Cabo
2.669,79
2.819,29
3.749,80
Soldado
2.564,58
2.708,19
3.333,15
Fonte: Blog do Ebnilson

A tabela 6 expõe os vencimentos atuais de todos os postos e graduações e faz uma prospecção com o reajuste de 5,6% no mês de novembro. Também é demonstrado o salário dos militares estaduais a partir do ano de 2015 com a volta dos antigos índices do escalonamento vertical da Lei 5.097, de 06/05/1991.

Esperamos que o texto possa ter tirado todas as dúvidas pertinentes ao Escalonamento Vertical.

Texto de Júlio Caetano com adaptação e edição do Sargento Ebnilson



51 comentários:

  1. Muito bom...texto autoexplicativo...

    ResponderExcluir
  2. so pecço q no mostre qd essa lei q ira regulamentar tudo isso entrar em vigor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza, vamos acompanhar todos os passos.

      Excluir
  3. Pm Sul do ma
    Cabras Machos.
    Muito Bem amigo .
    Agora resta espera e ver o que vai da nesse mundo Politicos.
    QUE DEUS ILUMINA NOSSO CAMINHO nesse rumo

    ResponderExcluir
  4. Tô achando q o governo conseguil nos enrolar... Prazo de dez dias? zzzzz... Volta do antigo indice? Duvido!!!! 2015??? Éhhhh!!!!!!

    ResponderExcluir
  5. bom dia , meu irmao eu tenho alguma duvida pq esse governo nao cumpriu o acordo de 2011, o que me garante que vai cumprir esse acordo do escalonamento etc... no outro ano será outro governo ,ele pode alegar que nao fez acordo com ninguem e ai? qoal o respaldo que nos temos ,pro isso tem uma cobrança rigorosa nesses dez dias para q seja aprovado na assembleia para que seja posto no orcamento de 2015 , e a carga horaria de 40 horas semanais será quando quando mesmo ?????

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Garantia não temos, vamos torcer para que ele cumpra.

      Excluir
  6. O texto ficou excelente, só uma correção conforme a Lei nº 9.040/2009, o índice do Soldado foi alterado de 0,188 para 0,195, os demais índices permanecem os mesmos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ok, Caro Julio vou fazer as correções, houverem sim alguma digitação errada, muito número acabei me confundido.

      Excluir
  7. O índice do Cabo vai para 0,270 e não 0,200 como publicado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Digitei errado, obrigado mais uma vez, me mande seu face ou e-mail gostaria de falar com vc, boa parte do texto foi seu. e-mail: ebnilsoncarvalho@hotmail.com, face: ebnilson costa carvalho, ou telefone: (98) 88932008, 81830967.

      Excluir
  8. Deviam ter colocado em pauta o aumento do aux. alimentação e o aux. transporte, pois a muito estão defasados.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meu caro colega, as pautas de reinvindicações foi feita no período da paralização, VC aqora q vem com essa proposta??? Onde VC estava na paralização???

      Excluir
  9. PRECISAMOS FAZER UMA GREVE TODO ANO PARA MELHORA A PMMA !!!!!

    TODA LUTA DE CLASSE É IMPORTANTE, TODA MANIFESTAÇÃO DE TRABALHADORES POR MELHORES CONDIÇÃO DE TRABALHO, POR MELHORES CONDIÇÃO DE VIDA É IMPORTANTE.

    PRECISAMOS FAZER UMA GREVE RESOLVER OS PROBLEMAS DE HORAS SEMANAIS TRABALHADAS. NA CIDADE CAPINZAL DO NORTE A ESCALA DE SERVIÇO É 25 POR 05 OU 50 POR 10 DIAS TRABALHADO.

    PRECISAMOS FAZER OUTRA GREVE PARA RESOLVER OS PROBLEMAS DE FALTA DE ESTRUTURA E MELHORES CONDIÇÃO DE TRABALHO PARA O PRAÇA . TEM VÁRIAS CIDADE DO INTERIOR Q NÃO NEM BANHEIRO PARA O PRAÇA FAZER SUA NECESSIDADE.

    PRECISAMOS FAZER OUTRA GREVE PARA RESOLVER O PROBLEMA DE PROMOÇÃO; HOJE O PRAÇA COM 22 ANOS DE PMMA AINDA É SD OU CB, ENQUANTO O OFICIAL COM 10 ANOS DE PMMA JÁ CAP OU MAJ.

    O OFICIAL NUNCA VAI LUTAR POR MELHORIAS, PQ O SERVIÇO DELE ESTÁ MUITO BEM NAS SEÇÕES, TRABALHANDO 06H POR DIA, NÃO PEGA CHUVA, NÃO PEGA SOL. O OFICIAL NÃO QUER SE INDISPOR COM O GOV, ELE SABE Q O CMT GERAL É CARGO DE CONFIANÇA. TEVE UMA ÉPOCA NÃO MUITO LONGE Q O GOVERNADOR DO MARANHÃO QUERIA DÁ UM AUMENTO AOS PRAÇAS. VC SABE QUAL FOI A RESPOSTA DO CMT GERAL ???? Q O PRAÇA NÃO PRECISAVA DE AUMENTO GOVERNADOR, POIS O PRAÇA GANHAVA MUITO BEM.

    ENTÃO, SE OS PRAÇA FOSSE DEPENDER DO OFICIAL PARA PEDIR AUMENTO ESTARIA GANHANDO 01 SALÁRIO MÍNIMO, OFICIAL NÃO PEDE NEM PARA SE.

    ResponderExcluir
  10. policiais militares! estamos meio com dúvidas se vamos receber esse salário mesmo.

    ResponderExcluir
  11. Nessa negociação que tratará do Escalonamento Vertical, há de de se observar o Processo nº 81312000, que tramita na 2ª VARA DA FAZENDA PÚBLICA, com sentença transitada em julgado, fase de cumprimento de sentença.Nesse Processo, a Justiça reconheceu o direito de manter os mesmos índices da tabela anexa à Lei 4175/80.

    ResponderExcluir
  12. Como eu queria voltar a ser criança, e acreditar em tudo isso, como num sonho...

    ResponderExcluir
  13. Só me resta uma dúvida, bravo sgt guerreiro: Essa tabela 6 já está confirmada como os nossos vencimentos de 2015? Abraços...

    ResponderExcluir
  14. Olá Ebnilson, gostaria de saber pra quando fica valendo carga horaria de 40 horas semanais. Fico grato se poder me responder.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rondinele, essa carga é desde a greve de 2011 e nunca cumpriram não sei lhe falar quando será?

      Excluir
    2. Valeu o esforço. pois nos q estamos aqui no interior sempre ficamos desinformados. quero aqui parabenizar seu trabalho, que durante essa greve foi de extremo valor.

      Excluir
  15. Passei agora a pouco no Comando Geral e vi alguns policiais da ROTAM com ofícios devolvendo os mesmo para suas unidades de origem... Ou seja, a retaliação começou!

    ResponderExcluir
  16. Se alguém ainda tinha dúvidas, agora não tem mais! Só um detalhe: o índice da graduação de Cabo que aparece nas tabelas 1,2 e 4 não é 0,200(menor que Soldado,0,24) e sim 0,269. parabéns pela explanação. Vamos ficar atentos e acompanhar de perto todo trâmite legal para que tudo seja aplicado de fato!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ok, Adriando como foram muitos números digitei alguns errados, mais vou corrigir.

      Excluir
  17. caro ebnilson.. você tem idéia de quando vão propor essa lei? Você irá cobrir essa matéria também?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vamos acompanhar todos os passos e movimentação, não se preocupe, voces serao informados.

      Excluir
  18. Ebenilson, por favor, corrija o indice do Cabo nessa nova tabela que ta errado, é 0,270, se eu nao me engano, e ai na sua tabela tem 0,200. Ta mais baixo que o do soldado, que é 0,240. E o indice do Cabo nao pode ser menor que o do Soldado.

    E outra coisa, o que é Aluno do CFS Civil? E é esse indice mesmo, 0,200, o dele? Ou foi digitado errado tambem, que nem o do Cabo?

    Abraços! Obrigado e parabéns pelas informações que sao muito úteis a todos nós...

    CB do Bombeiro 2007.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ok, já verifique realmente digitei errado, vou corrigir sim, obrigado.

      Excluir
    2. Essa figura do aluno do curso de formação de sargento, era quando tinha concurso para sargento direto, sem passar por soldado, hoje não é possível mais,

      Excluir
  19. E as perdas passadas quem irá pagar?

    ResponderExcluir
  20. Muito bom mesmo...sò espero nao ficar sò no papel...

    ResponderExcluir
  21. Muito bom mesmo...sò espero que nao fique sò no papel...

    ResponderExcluir
  22. EBNILSON, o prazo para que esta medida entre em vigor termina amanhã, dia 08 de abril que antecede os 180 dias antes da eleição. Se não houver uma medida provisória encaminhada até o dia 08 , de nada valerá os esforços advindo do movimento paredista. Não sei com que base foi proposto aquele prazo de até 10 dias para que o projeto fosse encaminhado sem ferir a legislação eleitoral. Converse com os advogados da associação e nos esclareça se isso é verdade ou não.

    ResponderExcluir
  23. Caro Ebnilson uma das reinvidicacoes na pauta da greve era o numero do efetivo policial. O q as autoridades falaram sobre isso.
    Responda. Um abraço.

    ResponderExcluir
  24. Caro Ebnilson. Qual é o prazo pra que o projeto do escalonamento seja votado na assembleia a tempo de vigorar em 2015?

    ResponderExcluir
  25. Gostaria de saber notícias a Emenda que foi publicada no Diário Oficial da Assembléia 041 de 02.04.2014, sobre uma tabela reajustando o subsidio. Deêm uma olhada no site da Assembléia Legislativa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. acabei de olhar no diario oficial da assembleia legislativa do estado-ma a emenda a medida provisoria 168 de 24 de março de 2014 que regulamenta a tabela de subsidio da policia militar e do bonbeiro militar do maranhao , fivando o sd com R$ 3.195,90 e do cb com 3.327,01a partir de novenbro mas nao a nistia da lei do cao dos 5 anos.

      Excluir
    2. cara amigo entao quer dizer que a partir de novembro ja são esses valores mesmo?

      Excluir
    3. Dei uma olhada no Diário da Assembleia Legislativa nº 45 de 08/04/2014 e só consegui encontrar até a medida provisória nº 166, mas não vi a nº 168. Poderia me fornecer o link?

      Excluir
  26. Engraçado é que a greve terminou, mas não fez diferença nenhuma na situação da segurança pública. A grande verdade é que salvo raras exceçóes, a grande maioria dos policiais não está nem aí pra nada. A tropa da pmma é velha fora de forma. Antes de revindicarem seus direitos, cumpram suas obrigações. Porque oque é ruim é barato e policia ruim tem que ganhar pouco mesmo,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. meu amigo e pq só depois da entrada da pm em pedrinhas foi que ouve um controle na penitenciaria , se fosse tao ruim assim como vc fala nao tinha resolvido o problema quie as outras poilcias nao resolveram.

      Excluir
    2. Se é essa sua visão só pode ser marido da Fátima Bernardes ou filho de ex-guerrilheiro que é contra militares, não te importar que cada policial é uma vitima em potencial, a sociedade só muda com grandes investimentos em educação, a longo prazo, nós somos poucos é o menor índice de policiais para sociedade em todo o pais, não temos leis como nos USA, que defendem seus homens, que morre apenas três (03) policias por ano em combate em todo o pais, é porque não temos uma organização capas de estruturar o físico e o intelecto dos policiais, porque não há concursos periódicos para as forças policiais, ultimamente mais aposenta do que entra, vc deve ser daqueles que vive sogando seus homens pensando que são maquinas, não tem o minimo de conhecimentos de administração, deve ser um militar feito nas cochas, está no poder, porque te colocaram.

      Excluir
  27. Os PM`S 2013. AINDA NÃO RECEBERAM SEUS VENCIMENTTOS. a PROMESSA DO GOV. É SAIR DIA 10 DE ABRIL. CASO NÃO SAIA JA ESTAMOS ORGANIZANDO UMA PARALIZAÇÃO GERAL EM TODO O ESTADO. A POLICIA JÁ NÃO TEM EFETIVO E COM 1800 A MENOS NAS RUAS. A SEGURANÇA DA POPULAÇÃO VAI PIORAR. não aguentamos mais tantas mentiras e promessas

    ResponderExcluir
  28. QUEREMOS SABER SE REALMENTE O GOV. CAI CUMPRIR EM PAGAR OS NOVOS SOLDADOS 2013 NO DIA 10 COMO PROMETEU E ANUNCIOU NA IMPRENSA. SE NÃO SAIR IREMOS PARAR EM TOO O MARANHÃOO 1800 HOMENS, NÃO AGUENTAMOS MAIS TRABALHAR DE GRAÇA ARRISCANDO NOSSAS VIDAS , PAGANDO PARA TRABALHAR.

    ResponderExcluir
  29. Não se iludam , a emenda que está sendo comentada é de preposição do Dep. Bira do Pindaré que certamente será rejeitada pela base do governo. Prevalecerá apenas os 5,6% em novembro. O que se deve ficar atento é em relação ao projeto que trata do escalonamento vertical que deve ser publicado no diario oficial do dia 08 de abril. Se isso não ocorrer já era o acordo e voltamos para a estaca zero.

    ResponderExcluir
  30. Esse anônimo aí do dia 08 de abril, não a mínima noção do fala, a polícia militar é um ícone sem o qual o Estado a curto prazo para por completo. Das instituições públicas a PMMA ainda é aquela a qual a população pode contar, seja no socorro de pessoas em perigo, seja no socorro de urgência, na garantia de ir e vir, é a única instituição pública que está de plantão para atender todos os casos de sua competência e até mesmo aquelas ações que não é sua atribuição de assistir (atender). Caso vc anônimo não tenha nada para falar baixe sua orelha e coloque o R. entre as pernas e saia discretamente sem deixar rastro. Sou PM com muito orgulho e sou Civil também. Eu conheço os dois lados, mas vc só conhece um. procure não falar daquilo que vc não conhece. Deixo aqui a vc o convite para conhecer a PM e serei seu guia e vc verá que seu preconceito é prematuro e sem fundamento.

    ResponderExcluir
  31. Não se iludem com tudo isso, e só bla,bla,bla.

    ResponderExcluir
  32. Essa foi a herança que o finado Jackson deixou para os policiais militares, acordo esse feito na calada da noite.

    ResponderExcluir
  33. Olá amigo Ebnilson, sou o 1° Sgt PM Feitosa, sim olhei vários comentários mas salvo engano, no momento o topo da questão me parece que é o escalonamento vertical, gostaria de saber do colega algo sobre a lei dos 05 anos. Abraço.

    ResponderExcluir
  34. Olá amigo Ebnilson, muito já se comentou sobre o escalonamento vertical, mas salvo engano, nada sobre a lei dos 05 anos, o que vc tem a nos falar sobre a mesma?. Abraço.

    ResponderExcluir

O espaço de comentários do nosso blog pode tem moderação.
Não serão aceitas mensagens:

01 - Que violem qualquer norma vigente no Brasil, seja municipal, estadual ou federal;
02 - Que contenham conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;
03 - Que contenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas;
04 - Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
05 - De cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;
06 - Que caracterizem prática de spam;
07 - Anônimas ou assinadas com e-mail falso;
08 - Fora do contexto da matéria;
09 - Só poderão comentar usuários que possua conta no Google

Blog do Ebnilson agradece a compreenção de todos