terça-feira, 8 de abril de 2014

Do blog da PEC 300
PM, como milico nosso parâmetro de carreira será sempre o Exército. Como civis, as carreiras civis, mais notadamente as carreiras elitizada. A PEC 51 é o caminho.

PEC 51 , PARTE I, DISCUSSÃO.

Já era sem tempo, o discurso de manipulação e dominação está tentando a todo custo dissuadir as praças de levarem adiante a discussão sobre a PEC 51 . A adjetivação com o fim de diminuir ou menosprezar àqueles que estão buscando, legitimamente, melhorias está em voga : “SÍNDROME DO VIRA-LATAS, INCOMPETENTES, e por aí afora”.

Bem, mas vamos ao que interessa, estamos (os colegas do NCP e RD) preparando uma nota técnica para ser entregue no Senado Federal, e, se possível, ser apensada à PEC 51. É algo árduo, mas necessário, logo os colegas estarão sendo inquiridos por uma pesquisa ,que vamos disponibilizar nas unidades, acerca da Carreira, e Motivação.

Vamos levantar alguns tópicos para discussão:

1."todo órgão policial deverá se organizar por carreira única;"- PEC 51

O parâmetro das carreiras militares será sempre o EXÉRCITO BRASILEIRO, ou seja, uma carreira com formato piramidal onde há um afunilamento até o topo. O parâmetro das carreiras civis, como a PF, PRF, DETRAN-DF, PCDF etc, serão as carreiras civis, mais notadamente as carreiras típicas de estado como, por exemplo, as carreiras de auditores. E tem mais, tal vinculação é empecilho até para que consigamos o reconhecimento da carreira como de nível superior e complexidade técnica, que é o que a PCDF está lutando na surdina.

2.dispõe que o controle externo da atividade policial será exercido, paralelamente ao disposto no art. 129, VII, por meio de Ouvidoria Externa, constituída no âmbito de cada órgão policial previsto, dotada de autonomia orçamentária e funcional, incumbida do controle da atuação do órgão policial e do cumprimento dos deveres funcionais de seus profissionais e das seguintes atribuições, além daquelas previstas em lei. –PEC 51.

Nesse tópico vou mais além, entendo que deva haver uma total independência da Corregedoria. Por corregedoria independente se entende aquela não vinculada à Polícia/Bombeiro Militar, mas com atuação exclusiva de fiscalização e aplicação de procedimentos disciplinares. Poderia ser um orgão do Ministério Público, por exemplo, sendo inclusive uma nova carreira.

Quais seriam as vantagens de uma estrutura correcional independente?

A primeira diz respeito a isenção do corregedor, pois não terá sido indicado, será um servidor de carreira, nomeado mediante critérios específicos, ou seja não tem compromisso com outras pessoas a não ser a técnica jurídica e a sociedade.

A segunda é que o corregedor terá legitimidade para fiscalizar e cobrar, tanto de graduados quanto de oficiais. Não haverá a suspeição de que beneficiou qualquer servidor, seja por amizade, seja por proximidade hierárquica, pois com eles não terá nenhum vínculo funcional.

Terceiro todos servidores, policiais e bombeiros militares, teriam um processo administrativo justo e ilibado tendo a certeza que houve a aplicação do princípio da proporcionalidade das sanções aplicadas e, também, a  consagração do princípio presunção da inocência, tão distante da realidade da caserna.

Hodiernamente, o que se percebe é a rotulação por parte de superiores e dos próprios pares do policial ou bombeiro que se submeteu a algum procedimento apuratório.

Por fim, a técnica jurídica bem aplicada por quem exerce o cargo ou função pública exclusiva de uma corregedoria independente. Podemos ter sim um órgão formado por servidores de carreira,  NÃO MILITARES, mas com a devida formação, habilitação e conhecimentos específicos quanto às particularidades dos organismos militares de segurança pública.

Infelizmente o “estado policial”, aquele que viola os princípios, direitos e garantias fundamentais, ainda vige no Brasil, e é nas instituições  militares estaduais que tem se mantido intocado.

"Ninguém é obrigado a cumprir ordem ilegal, ou a ela se submeter, ainda que emanada de autoridade judicial. Mais: é dever de cidadania opor-se à ordem ilegal; caso contrário, nega-se o Estado de Direito." (HC 73.454, Rel. Min. Maurício Corrêa, julgamento em 22-4-96, DJ de 7-6-96)"


"O direito de defesa constitui pedra angular do sistema de proteção dos direitos individuais e materializa uma das expressões do princípio da dignidade da pessoa humana. Diante da ausência de intimação de defensor público para fins de julgamento do recurso, constata-se, no caso concreto, que o constrangimento alegado é inegável. No que se refere à prerrogativa da intimação pessoal, nos termos do art. 5º, § 5º da Lei n. 1.060/1950, a jurisprudência desta Corte se firmou no sentido de que

essa há de ser respeitada." (HC 89.176, Rel. Min. Gilmar Mendes, julgamento em 22-8-06, DJ de 22-9-06).


“A boa aplicação dos direitos fundamentais de caráter processual,principalmente a proteção judicial efetiva, permite distinguir o Estado de Direito do Estado Policial. Os direitos de caráter penal, processual e processual penal cumprem papel fundamental na concretização do moderno Estado democrático de direito(…).” (STF)



Por Roner Gama

Fonte - Rede Democrática


9 comentários:

  1. PRECISAMOS FAZER UMA GREVE TODO ANO PARA MELHORA A PMMA !!!!!

    TODA LUTA DE CLASSE É IMPORTANTE, TODA MANIFESTAÇÃO DE TRABALHADORES POR MELHORES CONDIÇÃO DE TRABALHO, POR MELHORES CONDIÇÃO DE VIDA É IMPORTANTE.

    PRECISAMOS FAZER UMA GREVE PARA RESOLVER OS PROBLEMAS DE HORAS SEMANAIS TRABALHADAS. NA CIDADE CAPINZAL DO NORTE A ESCALA DE SERVIÇO É 25 POR 05 OU 50 POR 10 DIAS TRABALHADO.

    PRECISAMOS FAZER OUTRA GREVE PARA RESOLVER OS PROBLEMAS DE FALTA DE ESTRUTURA E MELHORES CONDIÇÃO DE TRABALHO PARA O PRAÇA . TEM VÁRIAS CIDADE DO INTERIOR Q NÃO NEM BANHEIRO PARA O PRAÇA FAZER SUA NECESSIDADE.

    PRECISAMOS FAZER OUTRA GREVE PARA RESOLVER O PROBLEMA DE PROMOÇÃO; HOJE O PRAÇA COM 22 ANOS DE PMMA AINDA É SD OU CB, ENQUANTO O OFICIAL COM 10 ANOS DE PMMA JÁ CAP OU MAJ.

    O OFICIAL NUNCA VAI LUTAR POR MELHORIAS, PQ O SERVIÇO DELE ESTÁ MUITO BEM NAS SEÇÕES, TRABALHANDO 06H POR DIA, NÃO PEGA CHUVA, NÃO PEGA SOL. O OFICIAL NÃO QUER SE INDISPOR COM O GOV, ELE SABE Q O CMT GERAL É CARGO DE CONFIANÇA. TEVE UMA ÉPOCA NÃO MUITO LONGE Q O GOVERNADOR DO MARANHÃO QUERIA DÁ UM AUMENTO AOS PRAÇAS. VC SABE QUAL FOI A RESPOSTA DO CMT GERAL ???? Q O PRAÇA NÃO PRECISAVA DE AUMENTO GOVERNADOR, POIS O PRAÇA GANHAVA MUITO BEM.

    ENTÃO, SE OS PRAÇA FOSSE DEPENDER DO OFICIAL PARA PEDIR AUMENTO ESTARIA GANHANDO 01 SALÁRIO MÍNIMO, OFICIAL NÃO PEDE NEM PARA SE. PEC 51 JÁ!!!!!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu concordo com vc. Oficial não está nem aí pros praças, mas não devemos esquecer que a polícia militar somos nós, os praças, pq somos nós que prendemos bandidos, somos nós que fazemos o policiamento ostensivo. quando há convulsão social, somos nós que restauramos a ordem. O que o oficial faz? apenas o serviço burocrático, que qualquer civil pode fazer, e ainda o fazem mal feito, pois em muitos momentos apenas nos atrapalham. Em 2015 nós devemos paralisar novamente, mas para beneficiar os praças, pq em 2011 e 2014 quem sempre ganhou mais foram os oficiais. Vamos paralisar em benefício próprio agora. Se for aprovado o escalonamento do soldado para 0.24 do subsídio do coronel, na próxima vamos lutar para aumentar para 0.27 ou 0.28 e assim por diante. Avante guerreiros, que a policia somos nós praças.

      Excluir
  2. Amigo ebnilson alguma novidade ? O escalonamento foi aprovado? Ou só entra em votação em novembro depois das eleições ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ebnilson vc nao esta sabendo da novidade .os pms estao reunidos mais de cem na assenbleia devido a perseguiçao dos coroneis ,saiba dse uma coisa os piores inimigos dos praças nao sao os bandidos e nem os politicos nao , sao os proprios cmts! eu vi no blog do gilberto lima .

      Excluir
    2. Amigo, o escalonamento deverá primeiro ter um estudo para saber o impacto na folha isso até o dia 14, que termina o prazo dos dez dias acordado na greve. Deverá incluído no orçamento, geralmente o orçamento começa a entrar em discussão em outubro.

      Excluir
  3. QUAL MÊS ENTRA EM VIGOR O TAL 18%??

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não haverá 18 companheiro. O que teve foi os 5,6% em novembro e o escalonamento para 2015.

      Excluir
  4. caro amigo ebnilson, também digo que temos de começar por cima, primeiro passo seria derrubar esse rde das policias militares do Brasil. deixando para ser aplicado apenas no eb. ai sim, seria uma grando vitória.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. As coiasas tem que ser aos poucos, chegaremos lá.

      Excluir

O espaço de comentários do nosso blog pode tem moderação.
Não serão aceitas mensagens:

01 - Que violem qualquer norma vigente no Brasil, seja municipal, estadual ou federal;
02 - Que contenham conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;
03 - Que contenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas;
04 - Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
05 - De cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;
06 - Que caracterizem prática de spam;
07 - Anônimas ou assinadas com e-mail falso;
08 - Fora do contexto da matéria;
09 - Só poderão comentar usuários que possua conta no Google

Blog do Ebnilson agradece a compreenção de todos