O TERROR ASSOLA OS MILITARES NOVAMENTE



A revolução francesa foi um dos maiores movimentos revolucionários que abalaram as estruturas do antigo regime na Europa. A partir da Revolução francesa as concepções de poder no velho mundo tomaram rumos diferentes, é na revolução francesa que surgiram alguns grupos que se destacaram: os girondinos e jacobinos. Os girondinos foram os representantes da alta e média burguesia, esse grupo defendiam a permanência da monarquia e os interesses da aristocracia, enquanto os jacobinos eram apoiados pelos setores populares da França que se posicionavam contra a monarquia e eram a favor da implantação da República.

A Revolução francesa passou por diversas fases entre elas a do Terror, a fase do Terror durou de 1793 a 1794, como o próprio nome sugere essa fase foi o período negro da Revolução francesa. Milhares de pessoas foram executadas numa estimativa de 16 a 40 mil pessoas foram guilhotinadas. Nesse período o partido jacobino comandado pelo revolucionário Robespierre suspendeu todas as garantias constitucionais. As perseguições contra os adversários foram implacáveis ao ponto dos jacobinos desencadearem um massacre sem precedentes na França no século XVIII.

Fazendo uma reflexão da Revolução Francesa podemos deduzir algumas semelhanças com o Movimento Paredista do Maranhão no qual culminou com a greve da Polícia Militar e Bombeiros.
A Revolução Francesa debelou todos os paradigmas do velho regime, a Europa rompeu com as velhas tradições econômicas e politicas; no Maranhão rompeu-se com as velhas pilastras da hierarquia militar, a hierarquia e disciplina. A tradição castrense de quase dois séculos foi em 10 dias devastados pela coragem e ousadia dos militares estaduais do Maranhão.

Na Revolução Francesa a fase do Terror vitimou milhares de vidas sob o comando do sanguinário Robispierre, no qual o principal instrumento de execução foi a guilhotina. Todos os adversários foram mortos de forma vil e violenta.

No Maranhão após o Movimento grevista, a onda de terror só tem aumentado. Procedimentos administrativos (Sindicâncias, Inquéritos Militares, prisões, detenções, Concelhos de disciplina e exclusões) têm sido deflagrados contra os militares estaduais.

O acordo firmado entre o governo e os militares vem sendo desrespeitado deste o seu nascimento, não se parou de abrir esses procedimentos. O descumprimento do acordo ditam os rumos que as coisas estão tomando. As Instituições militares do Estado começaram um caça as bruxas de forma sorrateira que está chegando num patamar bastante avançado.

As principais lideranças do Movimento estão sendo caçadas uma a uma, se não tomarmos cuidados todos estarão sendo guilhotinados.

A fase do Terror no Maranhão está a todo vapor e com requinte de crueldade, a prisão do Cabo Roberto Campos simboliza um pouco do que estamos dizendo, o militar fora preso simplesmente porque havia requerido o cumprimento de acordo firmado entre as entidades e o comando da PM resultado, foi encarcerado. Outra situação foi do ex-soldado Pm Aldair, que foi recentemente excluído da PM por deserção, essa história iremos descrever com maiores detalhes nas próximas matérias. Os soldados Torres e Leite de Timon também respondem IPM,s por serem acusados de participarem no movimento grevista da PM da Bahia.

E não para por aí, atualmente respondemos 3 sindicâncias e uma delas já transformou-se em IPM(Inquérito Policial Militar), as motivações foram a força e a repercussão deste blog, que hoje temos o prazer em dizer que é um dos blog,s militares mais acessados do Maranhão, com uma média de quase dois mil acessos diariamente.

Mais o Terror continua em querer freia e calar este instrumento democrático dos militares, os Robispierres do Maranhão querem guilhotinar principalmente as lideranças paredistas, tomem cuidado porque o mal está por vir contra a dignidade, liberdade de expressão e pensamento e contra todos aqueles que lutam por melhorias nas instituições militares. Já diz a bíblia sagrada, “ferirei o pastor e as ovelhas ficaram dispersas”.(Mc 14.27)

É preciso que tomemos muito cuidado com o “vingador” porque sua trama está sendo orquestradas para debelar aqueles que lutam por direitos, respeito, dignidade, condições de trabalho. O “ Vingador” no seu plano maléfico tentar a todo custo destruir o que foi construído, perseguir aqueles que lutam pela dignidade da pessoa humana e procura silenciar a voz dos militares.

O “Vingador” com seus demônios instaurou o mal, porém como dize a música: O bem vence o mal e espanta o temporal.

Nossa voz não se calará frente às perseguições, vamos lutar como guerreiro espartano, pronto para enfrentar todas as adversidades, está escrito que as arvores que não dão frutos serão cortadas e lançadas no fogo.

É tempo de unirmos nossas forças contra esses poderes do mal, o iniquo está rugindo como leão procurando aquém tragar, os principados e potestades do mal estão transfigurados e personificado no “ Vingador”, este ser maldito e perverso que assola a vida dos militares do Estado.

CB Ebnilson 

Comentários

  1. NÓS PRAÇAS FIZEMOS UMA GREVE PARA AJUDAR OFICIAL.

    EU SOB Q TEVE UMA REUNIÃO INFORMAL DE ALGUNS LÍDERES DA ÚLTIMA GREVE; E O QUE SE MAIS SE COMENTOU FOI QUE OS PRAÇAS Q FIZERAM A GREVE NÃO GANHARA QUASE NADA DE AUMENTO, ENQUANTO OS OFICIAIS QUE NÃO GREVARAM FICARAM COM O MELHOR AUMENTO E AINDA GANHARAM UMA PROMOÇÃO DE LAMBUJA.
    RESUMO: OS PRAÇAS SAIRAM PERDENDO ALÉM DE SEREM MUITO PERSIGUIDO PRICIPALMENTE NO INTERIOR(CAIXIAS).
    MAIS SURGIU UMA IDÉIA Q VAI SER COLOCADA NA MESA DO SECRETÁRIO DE SEGURANÇA; PARA RESOLVER TODOS OS PROBLEMAS; VAMOS PEDIR AO SEC DE SEG O CONGELAMENTO DAS PROMOÇÕES DOS OFICIAIS POR 10 ANOS QUE ESTÃO ADINTADAS PARA PROMOVER OS PRAÇAS Q ESTÃO COM PROMOÇÃO ATRASADA 20 ANOS. ISSO MESMO, JOGAR OS OFICIAIS CONTRA O GOV; SABEMOS SE NÓS PRAÇAR FIZERMOS ISSO OS OFICIAIS NÃO VÃO ENTRA EM GREVA; ALÉM DOS CEL(S) Q NÃO VÃO GREVAR PQ JÁ ESTÃO NO ÚLTIMO POSTO DA PMMA.
    NÓS PRAÇAS NA REALIDADE FIZEMOS UMA GREVE PARA AJUDAR OS OFICIAIS; E ALÉM DE AJUDAR FOMOS PREJUDICADO.

    ResponderExcluir
  2. Senhores,
    Já foram feitas várias denúncias contra o Comando do 2º BPM, ficando a pergunta: Porque o Comando da Corporação não manda apurar? Vários PMs aqui em Caxias-MA vem sendo perseguidos, há de se dizer: Aqueles que buscam melhores condições de trabalho e tratamento humanitário, pois aqueles que nada fazem, só ficam na beirada do Comando, os chamados “babãos”, que são muitos, são beneficiados com dispensas do serviço, com funções, com medalhas, sendo essas recebidas por PMs subjúdice, com punições, etc... Aqui tá uma festa. Por falar em festa, está sendo preparado pelo Comando um baita churrasco para o Comandante da Corporação, que acontecerá no dia 18/08/2012 (sábado), o motivo? não sabemos. Só sabemos que a ditadura por aqui ainda impera. Pedimos, novamente, às autoridades competentes que tomem uma providência.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

O espaço de comentários do nosso blog pode tem moderação.
Não serão aceitas mensagens:

01 - Que violem qualquer norma vigente no Brasil, seja municipal, estadual ou federal;
02 - Que contenham conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;
03 - Que contenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas;
04 - Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
05 - De cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;
06 - Que caracterizem prática de spam;
07 - Anônimas ou assinadas com e-mail falso;
08 - Fora do contexto da matéria;
09 - Só poderão comentar usuários que possua conta no Google

Blog do Ebnilson agradece a compreenção de todos

Postagens mais visitadas deste blog

3º Companhia Independente da PMMA( Amarante): Conclusão das primeiras turmas do PROERD em Sítio Novo no Maranhão

INTOLERÂNCIA MILITAR

2º Reunião da Comissão do governo com os militares: Principais Deliberações