sexta-feira, 3 de agosto de 2012


Os médicos militares da PM estão sendo investigado pelo Concelho Regional de Médicina do Maranhão, foi aberto um processo administrativo contra os oficiais para apurar o comportamento de alguns oficiais médicos.

A denúncia partiu dos próprios militares que pediram uma investigação para apurar a postura dos médicos.

Segundo a denuncia que chegou a este blog por meio da assessoria jurídica da associação de Timon, os médicos militares estão tendo um comportamento desrespeitoso para com os militares em especial as praças que é quem utiliza constantemente o serviço. Vejam o conteúdo da denúncia:

Quem é praça, e já precisou se deslocar do interior do Estado, até São Luís, pra ser avaliado pela JMS já conheceu de muito perto o tratamento desrespeitoso que, em geral os oficiais-médicos dispensam às praças que ali comparecem.

Pra começar, só quem enfrenta a fila do atendimento são as praças os oficiais consideram que enfrentar fila é coisa humilhante demais pra um oficial e que isso é coisa pra soldado. Então você chega cedo e, se tiver o azar, de oficiais chegarem você vai ficando pra trás. Se você apresenta um atestado de 6 meses ,eles reduzem pra dois sem te dar explicação, como se você não fosse a parte mais interessada.
Se você apresenta atestado de 2 meses eles reduzem pra 15 dias ,sem te dar explicação;
Eles não conversam com você ,não perguntam como você se sente e ,quase nunca pedem pra ver seus exames. Mesmo assim passam por cima do seu atestado.
Você leva um atestado assinado por um ortopedista, caso o seu problema seja ortoarticular, e um oficial dermatologista desconsidera seu atestado e o reduz pra um terço do tempo ,sem ao menos te perguntar como você está se sentindo;
Você entra na sala ,ele pede o atestado e te manda sair. Isso geralmente leva em torno de meio minuto;
Então você se desloca do interior, pra um oficial médico olhar apenas o seu atestado e desconsiderá-lo.
Não seria melhor enviar esse atestado por  e-mail ou FAX? Pouparia, e muito, os cofres públicos e atenderíamos, assim, o principio da eficiência na administração da coisa pública. Sem falar no principio do interesse público... Já que quem paga as passagens é o dinheiro público.
Será que os oficiais-médicos se comportam assim com outros oficiais?

Pois é, eu me cansei de ser humilhado e denunciei o comportamento ,no mínimo antiético, dos médicos da JMS ao CRM-MA (CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA DO MARANHÃO).Em especial o MAJOR BRAGA e a Major SOLANGE.

Assessoria Jurídica da Associação de Timon

Na semana passada o CRM instaurou uma sindicância de nº38/2012,para apurar o comportamento dos dois oficiais citados.

Infelizmente esse péssimo atendimento dos médicos da PM e BM virou rotina nas casernas militares, parece que eles desconfiam o tempo todo das praças achando que o tempo todo os militares estão usando de ardis, não sei porque médico que não é especialista questionam laudo de um especialista isso já virou praxe nas juntas médicas. Porém a casa caiu e pelo menos dessa vez os oficias estão sendo investigado e respondendo uma sindicância.

Todos nós sabemos que essas práticas abusivas acontece em todo o  Estado, porém temos que realmente denuncia essas posturas antiética desses médicos, e também fazer uma denuncia interna para que o Comandante Geral da PM-MA possa também tomar as devidas providencias porque sempre aconteceu esse total desrespeito por parte dos médicos militares. Fora médicos do interior que não cumpri expediente. Esperamos que todos militares através dessa matéria possam encorajar-se e denunciar essas práticas abusivas.

Vamos acompanhar o desenrolar dessa investigação passo a passo.

Vejam abaixo o documento que o CRM enviou para assessoria jurídica da associação de Timon.



23 comentários:

  1. parabéns meu nobre tava pela iniciativa da denuncia, tava faltando isso msm por parte da tropa, as poucas vezez que fui a junta levar um atestado é isso tudo memsmo que ocorre sem tirar e nem botar , uma falta de vergonha de respeito com o policial.

    ResponderExcluir
  2. EBNILSON,
    E QUANTO AO FATO DOS MÉDICOS NÃO ESTAREM RECEBENDO OS EXAMES PARA PROMOÇÃO DOS POLICIAIS MILITARES QUE ESTÃO COM RESTRIÇÃO NA JMS, MAS QUE ESTÃO NO SERVIÇO ATIVO, O QUE FAZER? POIS TEM OFICIAL COM RESTRIÇÃO NA JMS, MAS APTO PARA CURSO E PROMOÇÃO, CONFORME BG Nº 094, DE 18/05/2012. HÁ TAMBÉM UMA DIRETRIZ DE NORMATIZAÇÃO PARA APLICAÇÃO DO TESTE DE APTIDÃO FÍSICA NA POLÍCIA MILITAR DO MARANHÃO PARA SELEÇÃO INTERNA DE CANDIDATOS A CURSOS, ESTÁGIOS E PROMOÇÃO, PUBLICADA NO BG Nº 226, DE 03/12/2007, QUE VERSA SOBRE A SITUAÇÃO DOS POLICIAIS MILITARES QUE ESTÃO COM RESTRIÇÃO NA JMS, MAIS PRECISAMENTE NO SEU ITEM 4.3. POIS SE NOS 04 EXAMES O MESMO ESTÁ APTO, NÃO HÁ PORQUE NÃO RECEBÊ-LOS.

    ResponderExcluir
  3. AQUI EM CAXIAS-MA (2 BPM), O CMT NÃO FORNECE PASSAGENS PARA OS MILITARES SE APRESENTAREM NA JMS, EM SÃO LUIS-MA, TENDO OS MESMOS QUE SE VIRAREM POR MEIOS PRÓPRIOS, UM TOTAL DESRESPEITO AOS MILITARES, SEM DIZER O DESRESPEITO A LEI DE REMUNERAÇÃO DA PMMA, QUE DAR DIREITO AOS MESMOS. ALÉM DO QUE QUANDO O PM VOLTA DA JMS JÁ ESTÁ ESCALADO DE SERVIÇO, SEM SABER QUAL O RESULTADO DA MESMA.

    ResponderExcluir
  4. HÁ MUITA IRREGULARIDADE NESSA JUNTA MÉDICA. O PM É APRESENTADO AO PRESIDENTE DA JMS, ATRAVÉS DE OFÍCIO, MAS RETORNA A SUA UNIDADE, SEM OFÍCIO DE RETORNO E SEM SABER O PARECER DA JUNTA, ALÉM DO QUE NO DIA SEGUINTE O PM JÁ ESTÁ ESCALADO DE SERVIÇO, MESMO TENDO UMA DETERMINAÇÃO PARA QUE SE VERIFIQUE O RESULTADO DA JUNTA A PARTIR DA QUARTA-FEIRA SEGUINTE.

    ResponderExcluir
  5. Infelizmente isso acontece na Polícia Militar do Maranhão. ô Maranhão! Quando te livrarás da escravidão em que te encontras? Esses oficiais, que fazem essas coisas é que deveriam dar o exemplo aos seus subordinados, são os primeiros a agir com desrespeito , mas " em terra de cego quem tem olho é rei". Esse é o Maranhão do Sarney... Coisa feia!!!!

    ResponderExcluir
  6. bem eu soldado tentei denunciar essa jms toda começando com o cel, todos tem esse mesmo jeito de tratar os praças, mas parecem estarem simplesmente acatando ordens e desacatando os seus juramentos, tive atestado diminuido, nao aceitaram algumas vezes, por ultimo acabei por ficar preso, sendo que estava de atestado igual um sd de imperatriz, entrei com hábeas corpus e fui solto, tudo por conta desses desqualificados que estao se achando acima de todos. Espero que a aasoc de sao luis entre nessa briga, se manifeste, pois isso nao é aceitável.

    ResponderExcluir
  7. espero que o crm bote quente nessa junta medica militar, pois ela estar tomada de ilegalidade.

    ResponderExcluir
  8. ebnilson essa é a hora da nossa assoc se manifestar e também denunciar esses covardes que ficam sentadinho negando o direito dos praças, faça.

    ResponderExcluir
  9. jã tava na hora dessa palhaçada acabar, esses oficiais medicos acham que podem tudo e ficam reduzindo o tempo dado pelo especialista quando na verdade o que eles tem que fazer é homologar os atestados ou seja checar se é verdadeiro ou não, pra falar a verdade ja deveria era ter acabado com essa mamada que é essa JMS pois oficial medico so atende mesmo é oficial então não tem sentido manter esse cargo se ele não serve para o bem da tropa.

    ResponderExcluir
  10. EBNILSON,
    HÁ ALGUNS POLICIAIS MILITARES NO 2º BPM (CAXIAS-MA) QUE NECESSITAM DE TRATAMENTO DE SAÚDE, POR ALCOOLISMO, MENTAL,ETC..., NO ENTANTO, O CMDO DO BATALHÃO O TRATAMENTO QUE ELE OFERECE É PUNIÇÃO, ABERTURA DE SINDICÂNCIA E IPM E PERSEGUIÇÃO. GOSTARÍAMOS QUE O CPAI-4, CPI, CMT GERAL, SECRETÁRIO DE SEGURANÇA E ATÉ MESMO A CORREGEDORIA FIZESSEM UMA VISITA AO 2º BPM E CONVERSASSEM COM AS PRAÇAS E A CORREGEDORIA E A CONTROLADORIA DO ESTADO FIZESSEM UMA REVISÃO NOS ATOS ADMINISTRATIVOS DO ATUAL COMANDO. o 2º BPM PEDE SOCORRO! AS AUTORIDADES AINDA PODEM EVITAR UMA TRAGÉDIA.

    ResponderExcluir
  11. MEUS CAROS COLEGAS NO INICIO DESTE ANO O COMANDANTE GERAL CONVIDOU TODAS AS PMSFEM. PARA UMA REUNIÃO NO AUDITORIO DO QCG. QUE INCLUSIVE FOI SUGERIDA PELA SD MAYARA AO CMT. NÓS NOS REUNIMOS COM ELE E O MESMO NOS PERGUNTOU QUIS ERAM AS NOSSAS QUEIXAS. NÃO DEU OUTRA A MAIORIA DAS RECLAMAÇÕES FORAM CONTRA O ATENDIMENTO DOS MÉDICOS DA PM PRINCIPALMENTE DO CAP BRAGA, PELA SUA MANEIRA FRIA E DESCONFIANÇA COM QUE TRATA AS PRAÇAS. ELE TAMBÉM TRABALHA NA HAPVIDA NA QUAL É SÓCIO DA EMPRESA E UMA PMFEM FALOU AOS PRANTOS QUE CHEGOU ATÉ ELE PEDINDO QUE LHE DESSE INFORMAÇÕES SOBRE O SEU FILHO QUE ESTAVA ALI INTERNADO E ELA FALOU QUE ELE DISSE UMA PALAVRA PARA ELA E EBATEU A PORTA DO SEU CARRO E SAIU. ELA NÃO QUIS REVELAR PARA NÓSO QUE ELE DISSE MÁS A QUELA ATITUDE DELE A DEIXOU MUITO DECEPCIONADA. E LOGOS DEPOIS AINDA NO HOSPITAL DO HAPVIDA O SEU FILHO DE UM ANO VEIO A ÓBITO. ELA DISSE PARA TODOS NA FRENTE DO COMANDANTE GERAL QUE É UM PÉSSIMO MÉDICO, A CEL INAL PEDIO PARA ELA LIBERAR PERDÃO PARA ELE PARA QUE ISSO NÃO A DEIXASSE DOENTE. É MEUS CAROS COLEGAS É A ESSE TIPO DE MÉDICOS, IMPIEDOSOS E QUE NÃO HONRAM O SEU JURAMENTO E DIPLOMA É QUE NÓS ESTAMOS INTREGUES. POR ISSO OS NOSSOS COLEGAS DE TIMOM ESTÃO DE PARABÉNS.ISSO É O QUE ESSA PMFEM DEVERIA TER FEITO DENUNCIÁ-LO AO CRM. SDPMFEM DE SÃO LUÍS

    ResponderExcluir
  12. manoel guimarães filho5 de agosto de 2012 22:04

    Os oficiais médicos da JMS,antes de qualquer coisa,são médicos...Respondem por seus atos profissionais perante o CRM,de acordo com o código de ética médica,que pode ,inclusive,cassar o direito deles de praticar a medicina.Obviamente,não desejamos cassar o registro de nenhum médico. Mas, a partir de agora, devemos denunciar toda e qualquer falta de respeito,todo e qualquer comportamento antiético...Toda vez que um oficial-médico esquecer que A Medicina é uma profissão a serviço da saúde do ser humano e da coletividade e deve ser exercida sem discriminação de nenhuma natureza, que O alvo de toda a atenção do médico é a saúde do ser humano, em benefício da qual deverá agir com o máximo de zelo e o melhor de sua capacidade profissional ele deverá ser denunciado ao CRM para que ele não esqueça do seu juramento e não esqueça que está lidando com pessoas dotadas de dignidade...
    Passou o tempo de aguentar e sofrer calado.Exija,cobre respeito e denuncie o que vc considera ser um comportamento indigno...

    ResponderExcluir
  13. Ebnilson, já mandei Email para o crm-ma, questionando as atitudes do médicos da pm mais não fui respondido, parece q eles não estão nem aí, é uma total total falta de respeito e de ética desses médicos oficiais, peço q vc não deixe cair no esquecimento esse assunto pois merece bastante atenção para nossa classe de praças para acabar com essa falta de respeito....

    ResponderExcluir
  14. cadê o medico do 3°bpm ninguém não vê,ninguém não sabe ninguém toma providência, ele não tira expediente no quartel,ai eu sou obrigado a ir no 3°gbm me consultar com o médico do bombeiro que trata o militar com dignidade e o comando geral não toma nenhuma providência.

    ResponderExcluir
  15. manoel guimarães filho6 de agosto de 2012 16:02

    1 - A denúncia deve ser dirigida ao Presidente do Conselho Regional de Medicina em São Luis.

    2 - O Conselho de Medicina aceita apenas denúncias por escrito (manuscritas, digitadas, etc).

    3 - Por imposição legal, as denúncias devem ser necessariamente assinadas e devem conter telefone e endereço do denunciante, esse formulário tem o objetivo de ajudar no preenchimento das denúncias.

    4 - As denúncias devem ser, sempre que possível, documentadas (com cópia de quaisquer comprovantes referentes ao atendimento);

    5 - As denúncias devem conter:

    - identificação do denunciante e seu endereço;

    - narrativa dos fatos que, na visão do denunciante, possam conter ilícitos;

    - nome da instituição ou instituições em que a vítima foi atendida;

    - nome dos profissionais médicos (e não médicos, se for o caso) envolvidos no atendimento;

    - nome de testemunhas dos fatos, se houver testemunhas. A falta de algumas dessas informações (nome do médico, por exemplo), não impede que o Conselho Regional apure a denúncia porque tem mecanismos legais para obter essas informações. A denúncia deve conter, ainda, a solicitação de que o Conselho apure os fatos, data e assinatura do denunciante.

    6 - O Conselho Federal de Medicina julga somente os RECURSOS (no caso das partes - denunciante e/ou denunciado - que ficarem inconformadas com o resultado do julgamento no Conselho Regional).

    7 - Esse formulário tem o objetivo de ajudar no preenchimento das denúncias. Sua queixa será encaminhada ao CRM do estado onde ocorreu o fato.
    Nome (paciente ou representante legal)*:
    Estado civil*:
    Profissão*:
    RG*:
    Órgão expedidor - UF*: -
    CPF*:
    Endereço*:
    Cidade*:
    Estado*: Escolha o Estado
    CEP:
    Telefone:
    Nome do(s) médico(s) do(s) envolvido(s) + CRM/UF:
    CASO TENHA MAIS DE UM MÉDICO POR FAVOR SEPARAR POR VÍRGULA
    Data em que ocorreu o fato:
    Cidade em que ocorreu o fato:
    Estado em que ocorreu o fato: Escolha o Estado
    Nome do hospital ou clínica em que houve o atendimento:
    Relato dos fatos:
    Outra coisa:Tá na hora de vcs pararem com essa prática ridícula de anonimato pois o que se está a dizer aqui não é crime.E, vcs podem,perfeitamente,assinar seus nomes.Se tiverem que enfrentar represálias,farão isso como homens e mulheres dignos, e não as escondidas, como se fossem ratos.

    ResponderExcluir
  16. Muito boa a iniciativa! Falta agora o CRM não tratá-los com vista grossa e aplicar as ações coercitivas, para que os outros médicos militares não caiam na besteira de tratar mal os militares!

    ResponderExcluir
  17. É a mais pura verdade o q a pm fem postou aki sobre o caso com o Cap. Braga. O Cmd Geral é ciente do comportamento dos médicos da JMS e nada faz para mudar o quadro caótico de insatisfação e reclamação que envolve o tão badalado CIAMES. Tamanho é o desrespeito com os praças que ali frequentam q as próprias fichas levam mais de 30 min para serem encontradas. O atendimento é lento, os médicos nem olham pra sua cara, diminuem os dias do atestado e qdo querem, deixam de homologar e passam a responsabilidade para o cmd do batalhão em que o pobre do praça presta serviço, mesmo doente. Como se o cmd da unidade fosse mais um médico omisso a desconfiar do praça doente. Pq há de se morrer na PM pra ser dispensado.. enquanto q alguns "peixes" de oficiais são facilmente retirados da escala de serviço simplesmente por seram babões?. Essas coisas só acontecem na PMMA. É bom que todos nós, praças, tenhamos a consciência que somos constantemente lesados e prejudicados pela incompetência desses médicos. Vamos lutar pelos nossos direitos. Será que nem doentes podemos estar? Vamos dar um basta nessa falta de vergonha!! Levarei essa questão aos meus amigos e companheiros de luta para mudarmos essa estória aki na capital.

    ResponderExcluir
  18. A única médica que tratava com diginidade os policia era a doutora marilene que foi afastada pelos médicos que não aceitavam o tratamento que ela dispensava e pela forma como cobrava dos médicos uma postura ética, agora o chefe do serviço de psquiatria da polícia é o major braga que é ortopedista, é só olhar no boletim.

    ResponderExcluir
  19. bem quando procurei ajuda jms nao me lembro se falei com adr. marilene, mas que quem tentou intervir recebeu ordens pra fazer pouco cazo do meu problema, assim como a dr. marilene o dr. cavalcante também era boa praça na pmma, mas também pediu reforma, nao sei se por pressao de nao estar se submetendo a fazer o que a ética nao lhe permite.

    ResponderExcluir
  20. è o que eu sempre digo na rua o policial é um verdadeiro Rambo, mas dentro dos quartéis parece mais um bebe querendo chupeta.

    ResponderExcluir
  21. Vergonhosa essa situação do tratamento dispensado pelo medico que não sei nem o nome, mas posso descrevê-lo, trata-se de um cidadão de cor clara, estatura menor que 1,70cm, que costuma pouco ouvir e ainda pouco falar com os praças, resultado ele costuma dizer que não dá, como disse os companheiros acima, já que ele não fala, não dá resultado, ele não faria nenhuma falta pra ninguém se deixasse a vaga pra quem quer trabalhar. Agora bem recente estive em São Luis pra entregar os exames para promoção, cheguei bem cedo exatamente as 06:00 (seis horas) e confesso que me surpreender com a iniciativa dos companheiros na maioria cabos,quando perguntei quem era o ultimo? Providenciaram uma lista de chegada , tudo organizado direitinho, quando o atendimento começou até iniciaram chamando pela lista, , pra começar atenderam quem estava com problema de saúde até ai tudo bem e estes aproveitavam pra entregar tb os seus exames, mas como em todo lugar tem gente pra fazer cagada logo apareceu servidores civil e militar, que começaram a vergonhosa situação do tratamento dispensados a atender os peixes, pegando carteiras aleatoriamente e dando a entender que tinha má intenção, logo começou a desorganização, deram umas fixas pra que preenchêssemos e grampeassem na Xerox do laudo do exame de coração, informação desencontrada, voltaram atrás e já não era somente na Xerox, mas tb a todos exames, e na hora de fixar o grampeador que passado de mãos em mãos no maior tumulto quando funcionava não grampeava tudo, voltou-se a que deixassem os exames dentro de onde nunca deveria ter saído, as embalagens que quase a maioria tinha levado, ai começou então a fluir e assim foi recebido. Lembro de um procedimento que há uns vinte anos atrás quando em visita a uma agencia dos correios em Brasília que em vez de enfrentar uma fila de uns vinte metros a agencia passou a vender o selo e o cidadão colocava apenas na carta e jogava em uma fenda, a partir dai não houve mais fila pra se colocar uma simples carta. Espero poder ter ajudado a dizer que da pra fazer mudanças. Mas é até perigoso, pois com gente ignorante como temos visto na policia, quando fazem mudança, raramente quando é pra beneficia os praças, a coisa sempre muda no sentido de humilhar prejudicar, diminuir o trabalho de quem deveria atender com presteza e educação.
    Espero poder ter ajudado a dizer que da pra fazer mudanças.
    Soldados! Não vos entregueis a esses brutais... que vos desprezam... que vos escravizam... que arregimentam as vossas vidas... que ditam os vossos atos, as vossas idéias e os vossos sentimentos! Que vos fazem marchar no mesmo passo, que vos submetem a uma alimentação regrada, que vos tratam como gado humano e que vos utilizam como bucha de canhão! Não sois máquina! Homens é que sois! E com o amor da humanidade em vossas almas! Não odieis! Só odeiam os que não se fazem amar... os que não se fazem amar e os inumanos! O Grande Ditador ( Charles Chaplin)
    http://www.casadobruxo.com.br/ilustres/chaplin3.htm

    ResponderExcluir
  22. Vergonhosa essa situação do tratamento dispensado pelo medico que não sei nem o nome, mas posso descrevê-lo, trata-se de um cidadão de cor clara, estatura menor que 1,70cm, que costuma pouco ouvir e ainda pouco falar com os praças, resultado ele costuma dizer que não dá, como disse os companheiros acima, já que ele não fala, não dá resultado, ele não faria nenhuma falta pra ninguém se deixasse a vaga pra quem quer trabalhar. Agora bem recente estive em São Luis pra entregar os exames para promoção, cheguei bem cedo exatamente as 06:00 (seis horas) e confesso que me surpreender com a iniciativa dos companheiros na maioria cabos,quando perguntei quem era o ultimo? Providenciaram uma lista de chegada , tudo organizado direitinho, quando o atendimento começou até iniciaram chamando pela lista, , pra começar atenderam quem estava com problema de saúde até ai tudo bem e estes aproveitavam pra entregar tb os seus exames, mas como em todo lugar tem gente pra fazer cagada logo apareceu servidores civil e militar, que começaram a vergonhosa situação do tratamento dispensados a atender os peixes, pegando carteiras aleatoriamente e dando a entender que tinha má intenção, logo começou a desorganização, deram umas fixas pra que preenchêssemos e grampeassem na Xerox do laudo do exame de coração, informação desencontrada, voltaram atrás e já não era somente na Xerox, mas tb a todos exames, e na hora de fixar o grampeador que passado de mãos em mãos no maior tumulto quando funcionava não grampeava tudo, voltou-se a que deixassem os exames dentro de onde nunca deveria ter saído, as embalagens que quase a maioria tinha levado, ai começou então a fluir e assim foi recebido. Lembro de um procedimento que há uns vinte anos atrás quando em visita a uma agencia dos correios em Brasília que em vez de enfrentar uma fila de uns vinte metros a agencia passou a vender o selo e o cidadão colocava apenas na carta e jogava em uma fenda, a partir dai não houve mais fila pra se colocar uma simples carta. Espero poder ter ajudado a dizer que da pra fazer mudanças. Mas é até perigoso, pois com gente ignorante como temos visto na policia, quando fazem mudança, raramente quando é pra beneficia os praças, a coisa sempre muda no sentido de humilhar prejudicar, diminuir o trabalho de quem deveria atender com presteza e educação.
    Espero poder ter ajudado a dizer que da pra fazer mudanças.
    Soldados! Não vos entregueis a esses brutais... que vos desprezam... que vos escravizam... que arregimentam as vossas vidas... que ditam os vossos atos, as vossas idéias e os vossos sentimentos! Que vos fazem marchar no mesmo passo, que vos submetem a uma alimentação regrada, que vos tratam como gado humano e que vos utilizam como bucha de canhão! Não sois máquina! Homens é que sois! E com o amor da humanidade em vossas almas! Não odieis! Só odeiam os que não se fazem amar... os que não se fazem amar e os inumanos! O Grande Ditador ( Charles Chaplin)
    http://www.casadobruxo.com.br/ilustres/chaplin3.htm

    ResponderExcluir
  23. Eu sente na pele quando estive na junta no dia 20 esses caras ainda acham que são dono da Policia, que é um absurdo um oficial da Policia Militar, primeiro é descontado o meu dinheiro que já é pouco, segundo um Oficial medico trata agente como se o dinheiro fosse dele, parece que ele tá ali descontente mal humorado em fim com todo mal educação que ele tem .

    ResponderExcluir

O espaço de comentários do nosso blog pode tem moderação.
Não serão aceitas mensagens:

01 - Que violem qualquer norma vigente no Brasil, seja municipal, estadual ou federal;
02 - Que contenham conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;
03 - Que contenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas;
04 - Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
05 - De cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;
06 - Que caracterizem prática de spam;
07 - Anônimas ou assinadas com e-mail falso;
08 - Fora do contexto da matéria;
09 - Só poderão comentar usuários que possua conta no Google

Blog do Ebnilson agradece a compreenção de todos