Raimundo Cutrim defende reajuste para militares e bombeiros

http://www.al.ma.gov.br



O deputado Raimundo Cutrim (PSD) defendeu, na sessão desta quina-feira (10), reajuste para os policiais militares e bombeiros, na mesma linha do concedido às demais categorias. Cutrim disse que a paralisação dos militares e bombeiros foi um ato de desespero tendo em vista terem sidos discriminados pelo Governo do Estado. “Ora, a partir do momento em que houve um reajuste no subsídio dos policiais civis, agentes penitenciários e inspetores num percentual de 14% para os delegados, 10% para os agentes e 28,92% para os agentes penitenciários no subsídio e os policiais militares não tiveram nada?”, questionou.

Raimundo Cutrim afirmou que o reajuste para os militares e bombeiros não ocorreu por “falta de comando da cabeça do sistema, porque se o sistema tivesse comando evidentemente levaria à governadora os dados, apontando que se não dá para reajustar todos ou não dá para nenhum.

“Então se deu para a Polícia Civil, deu para a Penitenciária e por que excluir os policiais militares e Corpo de Bombeiros. Então evidentemente se o secretário tivesse comando e tivesse pulso ia à governadora dizer não deu para ninguém porque não tinha nenhum problema, ou vamos dar 10% para todos e é assim que se age no Sistema de Segurança Pública, não discriminando uma classe”, afirmou.

De acordo com Raimundo Cutrim, atualmente existem na Polícia Militar um efetivo de 7.547 homens da ativa e contou que houve uma reunião antes desse fato com alguns coronéis e alguns comandantes de Batalhão onde o secretário disse que não ia ter nenhum aumento para nenhuma categoria, nem para a Polícia Militar e nem para o Corpo de Bombeiros.

“Mas eu conversei agora esta semana com o doutor Luís Fernando e ele me dizia que vai ter uma reforma para que possa equilibrar tanto a Polícia Civil, como o Corpo de Bombeiros bem como os militares, que já estão trabalhando, para que possam ficar de certa forma equiparado”, revelou.

“O Sistema de Segurança Pública tem que ser leal em seu dever constitucional ao governo do Estado do Maranhão, que hoje é a governadora Roseana Sarney. Mas eu queria também dizer que temos um Projeto de Lei n.º 279/2011 para ser votado, que acrescenta o inciso X do artigo 36, da Lei n.º 6.513, de 30 de novembro de 2005, que dispõe sobre o Estatuto dos Policiais Militares do Estado do Maranhão”, conta.

Raimundo Cutrim disse que a governadora foi novamente induzida a cometer um erro, com relação ao salário dos policiais, quando não incluiu os policiais militares, e também agora com “este projeto criminoso que querem colocar no Estado, que isso é uma falta de responsabilidade, que, com certeza, para querer criar mais vagas para o Tribunal de Justiça que nós não temos efetivos para isso”.

FONTE: http://www.al.ma.gov.br

Comentários

  1. MEUS IRMÃOS EM CRISTO JESUS,
    A BÍBLIA NOS ENSINA QUE LUTAR CONTRA UMA CASTA DE DEMÔNIOS SÓ JEJUM E ORAÇÃO.
    POR ISSO EU CONVOCO A TODOS PARA A PARTIR DE SEGUNDA-FEIRA SE INICIAR UMA CAMPANHA DE JEJUM ATÉ 12:00 HORAS E ENTREGARMOS O JEJUM COM UMA ORAÇÃO PEDINDO A DEUS QUE NOS CONCEDA A VITÓRIA NESTE MOVIMENTO.
    VAMOS ORAR E JEJUAR.
    QUE DEUS NOS PROTEGERÁ.
    AMÉM.
    WILLIANS DOURADO - Advogado e Capitão Reformado

    ResponderExcluir
  2. É inadimissivel que o governo do estado do Maranhão conceda aumento para todas as classes de funcinários e não inclua a PM e o BM, não que as outras classes não mereçam, mas o trabalho dos PM's BM's no Maranhão não é pior que o de ninguém. Esses homens que vivem arriscando suas vidas todos os dias para nos dar segurança. É uma pena que esse governo não queira enxergar o bom trabalho que os militares maranhenses vem desenvolvendo. É inacreditavel que um estado que tenha o menor efetivo da federação não possa conceder um aumento salarial para essa categoria, temos exemplos de estados com o dobro do efetivo e que arrecadam muito menos que o Maranhão e que mesmo assim fizeram o esforço de valorizar seus profissionais de segurança. O governo do MA tem sim condições de melhorar o salario dessa categoria, o bolo cresceu, eles não querem é dividir.
    Claudia esposa do Capitão Willians Dourado

    ResponderExcluir
  3. Ebnilson,
    o que diz o Projeto de Lei n.º 279/201

    abraços

    ResponderExcluir
  4. VOCES NÃO PRECISAM DE FAVORES DE UNS OU DE OUTROS, EXISTE A LEI PARA QUE SEJA REPOSTO AS PERDAS SALARIAIS DE CADA TRABALHADOR POIS ENTENDO QUE O PM E O BM É TAMBÉM UM GRANDE E FIEL TRABALHADOR E, VOU MAIS ALÉM EXISTE UMA DETERMINAÇÃO DO SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL PARA REPOR O INDICE DO ESCALONAMENTO VERTICAL AOS SUBSIDIOS PMS E BMS, SENHORES VOCES NÃO PEDEM, EXIGEM POR SER DE DIREITO, ELES POLITICOS SÃO PASSAGEIROS E VOCES SÃO CONCURSADOS E DE CARREIRA, TEM QUE REPOR É DE IMEDIATO E, ESPERAR VOTAR O QUÊ, AGORA É REPOR JA ...

    ResponderExcluir
  5. Muito bom Capitão Dourado que o Sr. Deus nos abençoe e que a vitória será nossa pois ele quer e nós merecemos!!! SD PM Salustiano

    ResponderExcluir
  6. A VITÓRIA SERÁ NOSSA NÓS SOMOS FIÉIS!!! OBRIGADO MEU DEUS... PM CARLOSMAN

    ResponderExcluir
  7. o Sr Dp estadual Raimundo Cutrim sab o caminho das rochas, mais dê uma olhada no seu curriculum qundo secretario de segurança em outros pleitos, vê se houve algum palpite ou estrategia dele para melhoria dos militares do Ma?

    ALISSON

    ResponderExcluir
  8. Ao amigo que perguntou sobre o Projeto de Lei n.º 279/201.

    O deputado Raimundo Cutrim criticou severamente a equipe técnica do governo Roseana Sarney, encarregada da elaboração dos projetos encaminhados ao Poder Legislativo para deliberação.


    Conforme o parlamentar, ex-secretário de Segurança do Estado, o Projeto de Lei n.º 279/2011, a ser votado, acrescenta inciso X do artigo 36, da Lei n.º 6.513, de 30 de novembro de 2005, que dispõe sobre o Estatuto dos Policiais Militares do Estado do Maranhão, está cheio de erros. “Primeiro, fica acrescentado o inciso X do Art. 1º e Art. 36, minha gente, só tem até o Art. 6º”, observou.


    Cutrim chamou a atenção para o que diz o Inciso 10, que cria a Diretoria de Segurança Nacional do Tribunal de Justiça do Maranhão. “Isso é um crime que vamos fazer contra o Sistema de Segurança Pública do Maranhão” alertou.


    “Hoje, nós já temos 21 policiais militares à disposição do TJ. Com a criação desta Diretoria, aí nós não vamos saber quantos vão, podem ir até 30, 100, 200, 500 policiais militares. Então, é uma brecha criminosa que estão querendo criar para o Tribunal de Justiça, que com o chamamento dos aposentados, criam um quadro de ativo dentro do Tribunal de Justiça, ou seja, outra Polícia Militar”, condenou.
    Fonte:http://www.blogjorgevieira.com

    ResponderExcluir
  9. Vamos resumir, façam a equiparação salarial e cumpram o escalonamento vertical e nos repasse as perdas salarias, pronto estar tudo resolvido, não tem dinheiro? recorra ao banco mundial, obrigado.

    ResponderExcluir
  10. Atenção caros colegas da ASSEPMA, o Cmt do CBMMA vai atacar novamente. Informações vindas de assessores do Cmdo Geral dão conta de que o Diretor de Operações BM do CIOPS, Tc Nepomuceno, também será exonerado. Vamos ficar alertas e averiguar.

    Patricia Brito - Pinheiro-MA

    ResponderExcluir

Postar um comentário

O espaço de comentários do nosso blog pode tem moderação.
Não serão aceitas mensagens:

01 - Que violem qualquer norma vigente no Brasil, seja municipal, estadual ou federal;
02 - Que contenham conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;
03 - Que contenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas;
04 - Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
05 - De cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;
06 - Que caracterizem prática de spam;
07 - Anônimas ou assinadas com e-mail falso;
08 - Fora do contexto da matéria;
09 - Só poderão comentar usuários que possua conta no Google

Blog do Ebnilson agradece a compreenção de todos

Postagens mais visitadas deste blog

3º Companhia Independente da PMMA( Amarante): Conclusão das primeiras turmas do PROERD em Sítio Novo no Maranhão

INTOLERÂNCIA MILITAR

2º Reunião da Comissão do governo com os militares: Principais Deliberações